O que pode acontecer se você não vacinar o seu bebê contra a catapora

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

As vacinas para os bebês são temas que sempre causam polêmicas. Muitos pais seguem o calendário de vacinação ao pé da letra e são conscientes da importância que têm para a saúde dos seus filhos. No entanto, ainda existe quem rejeite a vacinação e pensa que as vacinas são nocivas à criança. 

Para conscientizar a esse último grupo, uns pais australianos, cujo filho não foi vacinado contra a varicela (catapora), compartilharam nas redes sociais a impactante foto do seu bebê mostrando que a doença tem causado no seu corpo. 

As impactantes imagens de um bebê com varicela

o-que-pode-acontecer-se-não vacinar-catapora A

Esta imagem de Elijah, de 11 meses de idade tem dado a volta ao mundo. Tem uma doença que hoje em dia está controlada em muitos países graças às vacinas: a varicela (popularmente conhecida como catapora). Sua mãe, Kayle Burke não é contrária às vacinas, no entanto, na Austrália, onde eles vivem, o programa de saúde estabelece que os bebês não recebam a vacina até os 18 meses, por isso o pequeno não tinha defesas para lutar contra a doença. 

Seus pais, alertados pela debilidade do pequeno e pelas graves bolhas que saíram por todo o seu corpo o levaram ao hospital onde esteve internado até que conseguiu se estabilizar. 

Kayle compartilhou essas imagens nas redes sociais explicando que ‘se você não vacinar aos seus filhos, você é um completo idiota. Pense no risco que você está colocando a outras crianças que são pequenas demais para serem vacinadas’. Elijah teve alta e sua mamãe compartilhou esta foto para mostrar com ele vai se recuperando.

o-que-pode-acontecer-se-não vacinar-catapora 2 A 

5 coisas que você deve saber sobre a varicela 

1. O sintoma mais comum da varicela é o surto de umas manchinhas vermelhas na pele que se transformam em bolhas, mas também causa febre, cefaléia, cansaço, falta de apetite e coceiras. 

2. Se transmite pelo contato e a possibilidade de contágio na escola ou em casa é de 90%. 

3. Não existe tratamento específico para a varicela, mas sim para controlar os sintomas: anti-histamínicos, antibióticos ou antitérmicos. 

4. É uma doença que acontece somente uma vez na vida, já que o corpo fica imunizado. 

5. Se a gestante for contagiada, o bebê poderá sofrer malformações, sobretudo durante o primeiro trimestre.

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com