Por que devo vacinar o meu filho

Vilma Medina

Vilma Medina

A poliomielite, a tosse ferina, a varicela e o sarampo são apenas algumas das inúmeras doenças que podem ser evitadas com as vacinas. Se vacinarmos as crianças estaremos protegendo-as de doenças infecciosas e de alguns outros riscos para a sua saúde.  

Se quiser saber sobre a vacinação infantil e o calendário anual, você poderá acessar o site www.portalsaude.saude.gov.br, que pretende ser um complemento à informação que os pais recebem dos profissionais de saúde. 

Por que as vacinas são importantes para as crianças

por-que-devo-vacinar-o-meu-filho A 

A principal razão para vacinar as crianças desde o momento do seu nascimento é simples: porque salvam vidas. É importante saber que as vacinas são administradas de maneira gratuita, nos postos de saúde. Os bebês devem ser vacinados desde o momento do seu nascimento, já que antes dos 5 anos de idade são muito suscetíveis para contrair doenças porque o seu sistema imunológico ainda não apresenta as defesas necessárias para lutar contra as infecções. 

Para saber se a criança está recebendo as vacinas que correspondem à sua idade é necessário que os pais tenham em dia a caderneta de vacinação desde o nascimento do bebê. Esta caderneta será útil na hora que tiverem que mudar de médico ou que tenha que matricular a criança na escola, creche, viajar, etc. A caderneta de vacinação serve, mais do que qualquer outra coisa, para que a criança tenha todo o controle quanto às vacinas que tenha recebido. 

No portal citado acima você encontrará o calendário completo de vacinação para o seu filho. A OMS – Organização Mundial da Saúde orienta aos pais que sigam rigorosamente o calendário de vacinação no seu país e que ajudem a proteger seus filhos. Outra orientação é que se for viajar com o seu filho é bom se certificar quais doenças são comuns no local de destino e que podem ser prevenidas por vacinação.

Pablo Medina

Editor de GuiaInfantil.com Brasil

A difteria em crianças. Por que é importante vacinar

A difteria em crianças. Por que é importante vacinar

A difteria é uma doença que pode chegar a ser mortal e que afeta principalmente bebês e crianças, por isso nos calendários de vacinação infantil a incluem como forma de protegê-los contra a toxina que a causa.

O que devemos levar em conta após levarmos nosso filho para vacinar

O que devemos levar em conta após levarmos nosso filho para vacinar

Vacinar continua sendo um ato de amor e que previne a criança de muitas doenças, mesmo que algumas pessoas ainda sejam contrárias. Uma vez que você decidiu vacinar aos seus filhos existem algumas coisas que você deve levar em conta. Depois de vacinar a criança, os pais devem estar atentos a alguns aspectos.

Pneumonia: a doença infecciosa que mais causa morte em crianças

Pneumonia: a doença infecciosa que mais causa morte em crianças

A pneumonia é a primeira causa de morte entre a população infantil nos países em desenvolvimento. Ela acaba com a vida de 1 milhão de crianças todo ano. Aproximadamente a metade dessas mortes poderia ser evitada através de medidas de baixo custo como promover o aleitamento materno, medir a respiração das crianças e tornar acessíveis as vacinas e os antibióticos para as crianças com menos recursos.

O tétano em bebês e crianças

O tétano em bebês e crianças

O tétano é uma infecção do sistema nervoso causada pela bactéria Clostridium tetani, que é potencialmente mortal. É transmitida à criança quando entra em contato com alguma superfície infectada. Nunca de uma pessoa para outra.

A vacina da gripe para bebês e gestantes

A vacina da gripe para bebês e gestantes

A vacina contra a gripe é indicada para bebês e crianças e é a primeira recomendação para proteger a saúde. Quando começa o outono ou se viaja para países mais frios, os vírus que afetam as vias respiratórias começam a marcar território. As mudanças de temperatura ao passar de lugares abertos a lugares mais quentinhos ou vice-versa, provocam o esfriamento das mucosas nasais, o que favorece a entrada dos vírus no organismo.

0 comentarios