Crianças e bebês com Sarampo

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Sintomas, causas e cura do sarampo em crianças e bebês. O sarampo é uma doença infecto-contagiosa que afeta crianças pequenas que não foram vacinadas. Os primeiros sintomas são catarro nasal e bronquial, conjuntivite, tosse, febre, falta de apetite e mal estar geral. Passadas as 24 horas, começam a aparecer pequenas manchas (as chamadas de Koplik) de cor vermelho escuro, por trás das orelhas, estendendo-se posteriormente a todo o corpo. Em geral, essas manchas não coçam e podem desaparecer de 2 a 4 dias. Em bebês menores de 9 meses, pode aparecer de forma leve, graças à presença de anticorpo materno protetor. A febre pode ser muito alta e a criança se sentirá mal durante 3 ou 5 dias.

Causas do sarampo em crianças e bebês

Infecção produzida pelo vírus do sarampo. Período de incubação: entre 8 e 14 dias a partir do contato. Período de contágio: varia entre 4 dias antes da aparição dos sintomas, até 4 ou 5 dias posteriores.

Tratamento do sarampo em crianças e bebês

Consiste em admnistrar antibióticos (para evitar complicações bacterianas secundárias), antipiréticos, nebulizadores, gotas oculares, e antihistamínicos (se for o caso, para diminuir a coceira). Recomenda-se o isolamento respiratório do paciente durante todo o processo da doença. Pode apresentar complicações do tipo: laringite, otite (é a mais frequente), púrpura, afecção do apêndice, encefalite aguda. O melhor, é estar atento à prevenção. E nada mais seguro que a vacinação da criança a partir dos 12 meses de idade. Não se esqueça de que o sarampo se transmite pelo contato direto de uma criança à outra. Além disso, o diagnóstico do sarampo, deve ser realizado por um profissional da saúde.