Um fim de semana para o casal e sem os filhos

Viajar sem os filhos faz bem para o relacionamento do casal

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Dizem que depois da tempestade vem a bonança. Depois da espera, do nascimento dos filhos e, passados alguns anos, é normal que a 'poeira se assente' numa casa. Os primeiros anos dos filhos sempre exigem maior atenção, cuidado, mas a partir dos dois ou três anos, quando eles começam a a dar seus primeiros passos em direção à autonomia, já podemos respirar mais tranquilamente e nos dedicar mais à vida do casal. Que tal uma pequena viagem ou um dia livre sem filhos?

Viagem de fim de semana para o casal

Um fim de semana do casal sem os filhos

Fazer uma viagem ou dar uma escapadinha, ou simplesmente ter um dia livre só para o casal é algo muito prazeroso. O casal renova as forças, os laços e as paixões, e todo sentimento que, por algum motivo, ficou pelo caminho. Reviver prazeres, dormir juntos até as 10 da manhã, tomar café despreocupadamente sem ter que se preocupar com lanche ou papinhas, arrumar o berço ou as camas, trocar fraldas, vestir, dar banho nas nossas pequenas criaturinhas... Essas atividades que realizamos manhã após manhã, como se fôssemos robôs. 

Poder ler sem pressas na cama, ir ao cinema ou ao museu para ver aquela exposição que você já tem um tempo que buscava um espaço para vê-lo, sem os seus pequenos ali, puxando suas saias para atendê-los... Preparar uma comida especial em casa, juntinhos, ou comer em um restaurante à luz de velas, sem estar preocupado em que os copos de cristais caiam, ou escutar suas músicas preferidas no lugar das típicas canções de crianças é um grande alívio. 

Quando puder, surpreenda seu marido e planeje uma fuga! Seus filhos agradecerão quando vocês chegarem. Importante: vocês não deixarão de ser pais. 

Estar um dia, ou um final de semana não tem porque os pais se sentirem culpados ou que sejam maus pais. Vocês não estarão abandonando seus filhos. Eles estarão felizes da mesma forma, com os seus avós, tios, amigos, com pessoas que vocês confiam e que com elas aprenderão experiências novas. 

Os filhos são e sempre serão o nosso maior tesouro, mas isso não significa que tenhamos que viver somente e exclusivamente para eles. Se o casal não estiver feliz, os filhos serão os primeiros a sentir. Pense neles, mas não muito. Em breve você me contará. 

Vilma Medina
Diretora de GuiaInfantil.com