Pais: mais atenção à higiene das crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

É normal que à medida que as crianças vão crescendo, a gente vá deixando de vigiar um costume muito importante: sua higiene. Mas, pelo que tenho escutado de uma amiga que é professora primária, existem pais que não ensinam e tão pouco exigem que seus filhos sigam bons hábitos de higiene.

Esta amiga me contou que existem crianças que chegam à sala de aula num estado lamentável, com cheiro forte de suor, apresentam cerumes nos ouvidos, roupas sujas e algumas chegam com hálitos bucais que fazem um morto ressuscitar. 

5 hábitos de higiene das crianças

pais-mais-atenção-higiene-crianças A 

A higiene é uma necessidade que procura o bem estar e a saúde do corpo, e inclusive prevenir algumas doenças. A higiene é uma medida que deve ser vigiada tanto em casa como na escola. Higiene do corpo, da vestimenta, dos alimentos, do ambiente... 

1. A higiene do corpo: O banho diário elimina restos de suor, a secreção sebácea e os germes da pele, do cabelo, dos ouvidos, etc. 

2. A higiene bucal: Os dentes devem ser lavados pelo menos antes de deitar e ao se levantar. A eliminação dos restos de comida contribui para evitar as cáries e para conservar os dentes. 

3. A higiene das mãos: São as partes que mais se sujam e contaminam. Podem ser transmissoras de micróbios quando as crianças as levam aos olhos, ouvidos, boca, etc. Lavar as mãos antes de depois de almoçar e sempre que for necessário é um hábito que devemos exigir das crianças.

4. A higiene dos pés: É uma parte propicia para o desenvolvimento da micose, infecções produzidas por fungos, que podem dar lugar ao mau cheiro. Devem-se cortar as unhas dos pés, das mãos, uma vez por semana. 

5. A higiene da roupa: Que o vestuário esteja limpo. Muito importante não voltar a utilizar as roupas já usadas, como meias, roupa íntima, etc. Evitar roupas muito justas que dificultem a respiração do corpo.

Em todo o caso, é importante que, ainda que as crianças cresçam, não deixemos de vigiar seus hábitos de higiene. É sempre bom perguntar-lhes se já escovaram os dentes, se não se esqueceram de usar um desodorante, se limparam os ouvidos, se lavaram as mãos, etc. 

Vilma Medina
Diretora de GuiaInfantil.com