Crianças mais corcundas graças aos smartphones

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Sou da opinião de que tudo, absolutamente tudo em excesso é prejudicial para a nossa saúde. Por isso acredito que é muito importante que ensinemos as crianças a buscarem o equilíbrio na sua alimentação, suas tarefas, brincadeiras, assim como também nos seus hábitos e costumes. Agora, com a moda dos smartphones, está custando a nós, pais, colocarmos limites na sua utilização pelos nossos filhos. E claro, isso não está prejudicando somente as relações sociais, o sono e a conduta das crianças, como também sua postura e a sua segurança.  

Danos que os smartphones causam nas crianças 

O uso excessivo dos aparelhos está causando danos à postura de todos. Essa é uma das discussões que tenho com minha filha. Já proibi usar seu celular enquanto caminha pela rua ou quando saímos para comprar algo. Isso não só representa um risco quanto à sua segurança, como também quanto à sua postura. Estudos mostram que o uso excessivo dos telefones celulares está causando alguns danos às crianças: 

1. Problemas na coluna. A má postura que as crianças podem adotar para manusearem os tablets ou os celulares está causando problemas nas suas costas e na coluna vertebral. Em casa, na rua, no ônibus, e onde quer que estejam, as crianças adotam uma postura curvada ou corcunda para brincar, para navegar ou falar com os amigos. Se essa postura já é um hábito na sua vida, ao longo do tempo pode causar-lhe muitos problemas. Ao flexionar o pescoço e comprimir os ombros, as crianças estão modificando sua anatomia e a curvatura natural do seu corpo. O desgaste começa no músculo, logo nas articulações e termina nos ossos. E quanto menor for o telefone, mais curvatura as crianças fazem para manuseá-lo. 

2. Problemas sociais. Há muitos casos em que as crianças só se relacionam com seus amigos ou colegas através dos celulares. Além disso, elas se afastam do convívio familiar, e só querem estar conectados as 24 horas do dia. O psicólogo Javier Urra, já fala de vício aos celulares, ou seja, de crianças que não podem ficar sem os seus smartphones. 

3. Problemas de segurança. O uso de celulares pela rua e, além disso, com fones de ouvido, representa um risco à segurança das crianças. Não podemos nos esquecer de que na rua existem inúmeros obstáculos que podem representar um perigo para quem caminha distraidamente com o celular. Além disso, o uso de fones de ouvido evita com que a criança escute os ruídos do exterior, dos carros, etc. O que pode provocar acidentes graves, além de serem alvos atrativos e fáceis de ladrões nas ruas. 

Não podemos nos esquecer, de que somos nós, os pais, os que devemos orientar e educar aos nossos filhos. Não adianta nada que na escola dos nossos filhos os professores proíbam utilizar os celulares durante as aulas, se em casa nós permitimos a utilização como eles queiram. Cada coisa no seu devido lugar e momento. Se não colocarmos limites aos nossos filhos, quem o fará? 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Puedes leer más artículos similares a Crianças mais corcundas graças aos smartphones, en la categoría de Ortopedia en Guiainfantil.com Brasil.