Como viajar com bebês sem problemas

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quando as férias ou feriados se aproximam, principalmente os pais de primeira viagem e os que acabam de ter um bebê se perguntam o que devem levar em conta para viajar com seus pequenos e desfrutar de forma tranquila e sem problemas. 

Viajar com um bebê só requer um pouco mais de cuidados na hora de escolher o destino, assim como o transporte e o tempo. Tudo isso para evitar situações imprevisíveis ou algum desconforto. 

Os bebês não devem ser um obstáculo nas viagens

como-viajar-com-bebês-sem-problemas A 

Os bebês não são nem devem ser um problema na hora de viajar a algum lugar. Os bebês se adaptam perfeitamente a qualquer situação, desde quando sejam devidamente atendidos e cuidados. Se você gosta de destinos exóticos você também pode levar o seu bebê, mas para isso terá que tomar algumas precauções para garantir a saúde e a comodidade do pequeno, assim como sua higiene. 

Se você pretende fazer uma viagem longa e para um país exótico com o seu bebê, a melhor coisa é que se informe com o seu pediatra sobre os cuidados básicos que deve ter quanto à saúde, possíveis vacinas, etc. Um bebê que se mantenha a uma temperatura adequada, bem hidratado e alimentado, que tenha garantido seus momentos de descanso, não tem por que ser um problema em qualquer viagem. 

Temos viajado com a nossa filha e cruzado o oceano em avião com ela desde os seus 4 meses de idade e nunca aconteceu nada de ruim com ela. Viajar em avião não representa um perigo para os bebês. Não há que temer os vôos longos, a pressão durante a decolagem e a aterrissagem, nem tão pouco as turbulências. Num vôo mais longo, de umas 10 horas, o bebê poderá apresentar um pouco de incômodo, mas somente o carinho e o cuidado dos pais serão necessários para mantê-lo tranquilo. 

Assegure-se de levar tudo o que o pequeno necessitará na viagem, ou seja, fraldas, leite, comida e água, roupinha para troca, algum brinquedo e um pequeno kit de primeiros socorros, caso seja necessário. Existem muitas vantagens em viajar com os bebês em avião. Em geral, as comissárias de bordo dão um tratamento especial às famílias com bebês na hora de embarcar (são os primeiros), uma atenção diferenciada na hora que tiver que alimentar ao bebê, e estão atentas a tudo o que você necessitar. Para minha filha eles puseram também um pequeno berço e me aconselharam dar-lhe a chupeta na hora da decolagem e aterrissagem. Além disso, se o seu bebê tem menos de dois anos de idade, sua passagem será gratuita. 

Se o seu bebê goza de boa saúde não tem por que representar um obstáculo nas viagens em família, seja em avião, trem, carro ou ônibus. Os bebês se adaptam perfeitamente a qualquer mudança, inclusive às diferenças de fuso horário. Além disso, se os seus papais estiverem tranquilos, isso será transmitido ao bebê. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com