Aleitamento materno: benefícios para o bebê e para a mamãe

O leite materno é o melhor alimento para o bebê durante os primeiros meses de vida

Vilma Medina

Vilma Medina

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda o aleitamento materno como o melhor alimento para o bebê durante os seus primeiros 6 meses de vida. Inclusive aconselham que a mamãe continue dando o peito, juntamente com a alimentação adequada para a sua idade até os dois anos de idade. Não somente é o alimento mais completo que a mãe possa dar ao seu filho, mas porque também é altamente benéfico tanto para o bebê como para a mamãe pelas suas propriedades. 

Benefícios do leite materno para o bebê e para a mamãe

aleitamento-materno-benefícios-bebê-mamãe A 

O leite materno contém todos os nutrientes que o bebê necessita para o seu correto desenvolvimento durante os primeiros meses de vida, mas a grande vantagem do aleitamento materno é que protege o bebê contra catarros, meningite, otite, bronquiolite, pneumonia, diarréia e outras doenças. 

Outro benefício do leite materno para os bebês é que os seus efeitos não são produzidos unicamente durante o período de amamentação, mas já foi demonstrado que pode proteger em longo prazo a adultos de alergias, obesidade, colite, alguns tipos de câncer ou asma. 

A amamentação também é benéfica para a mamãe. As mamães que dão o peito aos seus filhos perdem peso que ganharam ao longo da gravidez mais rapidamente, já que o bebê consome suas reservas de gordura, que se transmite da mãe para o bebê no leite final de cada mamada. Além disso, protege as mulheres contra a anemia, hipertensão e inclusive sofrem menos depressão pós-parto. Os estudos demonstram que as mulheres que amamentam o seu filho têm menos risco de sofrer de câncer de mama, ovário e osteoporose.  

Benefícios da amamentação para a sociedade 

O leite materno não é somente benéfico para o bebê e para a mãe, também é útil para a sociedade em geral: 

- O leite produzido pela mãe não necessita de nenhum processo de elaboração, envasamento, nem transporte. Não há gasto algum de energia e não há nenhum processo de fabricação que seja contaminante para o meio ambiente. O aleitamento materno é, portanto, ecológico. 

- Inclusive é economicamente vantajoso para a família, que não tem que investir uma grande quantidade de dinheiro por ano em leite artificial, mamadeiras, limpadores especiais ou energia necessária para esterilizar todo o material do bebê.

- A economia pode extrapolar a sociedade que terá menos gastos em saúde pública, já que os bebês amamentados pelas suas mães buscam menos consultas pediátricas porque sofrem com menos doenças.

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Crianças amamentadas são mais inteligentes

Crianças amamentadas são mais inteligentes

A amamentação eleva o coeficiente intelectual das crianças e melhora o seu rendimento acadêmico. Isso quer dizer que as mães que dão de mamar aos seus bebês podem esperar que eles sejam mais inteligentes que os bebês que não têm a mesma oportunidade.

Como evitar a desidratação em bebês lactentes

Como evitar a desidratação em bebês lactentes

Os pais devem dar água para os bebês para evitar uma desidratação? Como se pode evitar que se desidratem no verão? A resposta está em dar o peito a demanda, e inclusive em oferecê-lo sem que o peça.

Hipogalactia. Quando a mãe não produz leite suficiente

Hipogalactia. Quando a mãe não produz leite suficiente

A Hipogalactia se define como a falta ou a baixa produção do leite materno. Isso pode ser devido a uma grande quantidade de causas que podem produzir uma hipogalactia de maneira definitiva ou transitória.

Adeus à amamentação

Adeus à amamentação

O abandono definitivo da amamentação é um assunto de grande peso emocional para a mãe e para o bebê. Não sei quanto a vocês, mas eu sempre senti muita tristeza em perder definitivamente o vínculo tão estreito e próximo que estabelecemos com o nosso pequeno.

Devemos exigir mais respeito ao aleitamento materno

Devemos exigir mais respeito ao aleitamento materno

Aleitamento materno. Parece mentira, especialmente nos tempos em que vivemos, que ainda exista tanta pressão contra o aleitamento materno. Eu me refiro à falta de respeito e de apoio que muitas mães sofrem pelo simples fato de ter que dar o peito ao seu bebê em público.

0 comentarios