7 motivos para o consumo de ovos na infância

Benefícios do consumo de ovos para as crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O consumo de ovos seja por adultos ou crianças é sempre envolto de muitas polêmicas e opiniões diversas, mas estudos recentes mostram claramente a importância do consumo de ovos na infância, além de ser um produto barato e de fácil preparo, uma vez que pode ser utilizado em tortas, omeletes, etc. O ovo somente é desaconselhado para crianças com alergia ao produto. A nutricionista Sandra Wages (Granja Mantiqueira) listou 7 motivos que vai te convencer a incluir os ovos na dieta do seu filho:

07 motivos para consumir ovos na infância

7-motivos-para-o-consumo-de-ovos-infância A

1 – As proteínas do ovo contêm todos os aminoácidos que o corpo precisa para crescer, se manter saudável e reparar tecidos desgastados. As proteínas dos ovos são de melhor qualidade, ficando atrás apenas do leite materno

2 – As gorduras saudáveis são indispensáveis para o bom funcionamento do corpo: servem como reserva de energia e forma parte da membrana das células do nosso organismo. O ovo contém principalmente monoinsaturados, que também podem ser encontrados no azeite de oliva, que são benéficos para a saúde cardiovascular

3 – O ovo também contém todos os minerais necessários para o corpo, como fósforo, zinco e selênio. A principal função do fósforo é a formação dos ossos e dentes. Ele também é importante na utilização de carboidratos e gorduras e na síntese da proteína do crescimento, e na conservação e reparação das células e tecidos. Já o zinco é importante para o sistema imunológico e para o crescimento, e o selênio é um antioxidante potente.

4 – O ovo contém quase todas as vitaminas (menos a C) e entre elas se destaca o Complexo B, importante para o bom funcionamento do sistema nervoso. Ele também é rico em vitaminas lipossolúveis, como A, D, E, e K. A vitamina D é importante para a absorção e metabolismo do cálcio, e o ovo é um dos poucos alimentos que a contém naturalmente.

5 – O componente de lecitina também é muito importante para o desenvolvimento normal do cérebro e do sistema nervoso, especialmente durante a gestação e nos primeiros anos da infância. Nos adultos também é importante para transporte e metabolização das gorduras e para o funcionamento dos  rins. Um ovo contribui para a dieta com 55% das necessidades do componente de Lecitina de um adulto e de 100% de uma criança (1-3 anos).

6 – A luteína e a zeaxantina são carotenóides que dão a cor amarelo-laranja para a gema de ovo. Eles são importantes para a saúde devido à sua capacidade antioxidante e ajudam a prevenir a degeneração macular e catarata. Também têm capacidade antimutagênica e anticancerígena.

7 – O ovo não aumenta o colesterol e não é prejudicial para a saúde cardiovascular. Estudos científicos têm mostrado que o colesterol da dieta não tem efeito significativo sobre os níveis de colesterol no sangue.

Sandra Wages

Nutricionista

(matéria enviada por Jessica de Oliveira – Núcleo de Beleza & Saúde – Sallum Assessoria de Imprensa)