Etapas do parto: expulsão da placenta

É a última fase do parto e consiste na dequitação

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quando chegar a etapa do parto que você terá que expulsar a placenta, você já terá feito o trabalho mais complicado e intenso. A fase de dilatação com suas contrações frequentes e os ‘empurrões’ para conseguir o nascimento do bebê te deixaram esgotada, mas ainda você vai ter que tirar uma forcinha a mais para esta última fase do parto. Já não falta nada para terminar todo esse processo e você possa desfrutar do seu bebê. 

Expulsão da placenta no parto

etapas-do-parto-expulsão-da-placenta A

A placenta é o órgão onde o seu bebê viveu os últimos nove meses. Ela transportou todos os nutrientes necessários e manteve o bebê longe de certas bactérias e germes. Esta bolsa esteve protegendo o bebê ao longo de toda a gestação. Se após dar a luz, você sentir vontade de ver como é a placenta, encontrará uma membrana cheia de vasos sanguíneos, e se você fica apreensiva quando vê sangue, é melhor que evite este momento. 

Depois que o bebê tiver nascido você continuará tendo contrações. Nesta etapa do parto que consiste a dequitação ou a expulsão da placenta. O ginecologista te ajudará a realizar este último trabalho mediante a pressão e massagem no abdômen, inclusive pode pedir que você empurre mais uma vez. O pessoal encarregado do parto examinará a placenta para comprovar que ela tenha saído completamente e que não tenha ficado nenhum fragmento dentro, que possa te ocasionar infecções e hemorragias. 

Se tiverem praticado em você a episiotomia ou tenha sofrido algum rasgo vaginal, esse é o momento em que farão a sutura na região. Se tiverem aplicado a anestesia epidural, a área ainda estará adormecida e você só notará levemente que estão dando pontos. Posteriormente, você terá de ter uma higiene rígida para que os pontos não infeccionem. Depois de uma semana, os pontos já estarão muito melhor e já terão caído sem que você tenha se dado conta e o incômodo será muito menor.

No final desta etapa de dequitação, você já poderá estar com o seu bebê. É um momento muito especial. É a primeira vez que vão estar juntos fora do útero e quando poderá senti-lo e acariciá-lo. O bebê também terá vivenciado todo o processo do parto e não vai achar nada ruim o contato quentinho com a sua mãe.

É hora do aleitamento materno, e esse é o momento ideal para aproximar o bebê do mamilo e o bebê possa tomar o primeiro leite, o colostro. Um líquido rico em nutrientes que será o seu alimento até que chegue a subida do leite. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com