7 conselhos para conseguir que as crianças alcancem seus sonhos

Como incentivar a criança a alcançar seus objetivos

Vilma Medina

Vilma Medina

A gente te conta o que os pais podem fazer para incentivar seus filhos a alcançarem seus sonhos, e assim a sua vida fique repleta do maior número de objetivos cumpridos. 

Mas, não é só isso. É importante também inculcar-lhes o valor do esforço e o deleite que se sente quando tenha feito todo o possível para chegar a alcançar uma meta, inclusive quando não o consiga, porque, como nos explica Matti Hemmi, especialista em liderança, ‘o importante na vida não é o destino, mas a viagem’. 

Como conseguir que nossos filhos lutem para alcançar seus sonhos

7-conselhos-para-conseguir-criança-sonhos A 

1. Acreditar nos filhos: além de estimular a autoestima das crianças é importante alimentar seus sonhos e acreditar neles. É importante apoiar-lhes naquilo que desejam, inclusive quando pareçam objetivos irrealizáveis porque é o ‘combustível’ da luta em conseguir o que se deseja e, além do mais é uma boa forma de conseguir que tenham uma boa autoestima. 

2. Mostrar carinho: é importante lembrar as crianças a cada dia o quanto as amamos, inclusive quando não podemos vê-las. É uma maneira de ajudá-las para que coloquem foco nas coisas boas e conseguir que tenham uma infância feliz. 

3. Voltar a se levantar: se a criança se queixa porque tenha falhado em algo, ajude-a a tirar o lado positivo do caminho realizado. Não diga a ela que falhou, diga-lhe que está aprendendo. A vida se trata de ‘tentativa e erro’, ‘tentativa e aprendizagem’. Se a criança comete um erro podemos dizer a ela que pode corrigir-lhe para fazê-lo melhor da próxima vez. 

4. Pintar os sonhos: se a criança desenha, pinta ou escreve os seus sonhos o que está fazendo é passá-lo do subconsciente ao plano consciente e mais fácil é que comece a acreditar que ela pode consegui-lo. 

5. Não ter medo da vergonha: devemos ensinar as crianças para não ter medo do ridículo ou do que as crianças dizem. É uma forma de ensinar-lhes a ter confiança em si mesmo, um valor essencial para poder cumprir os sonhos. 

6.  Compartilhe os seus sonhos com seus filhos: é importante que os pais sejam modelos para que as crianças vejam que também temos sonhos e tentamos conseguir coisas que nos entusiasmam. 

7. Praticar novos hobbyes: é recomendável convidar as crianças provar novos hobbyes, como esportes, ou outras atividades que dê prazer a elas. Explorar novos caminhos é dar-lhe pistas sobre novas paixões e possibilidades. 

Matti Hemmi

Especialista em liderança

Uma boa auto-estima. Criança que se aceita como é

Uma boa auto-estima. Criança que se aceita como é

Autoestima das crianças. A valorização de si mesmo é um grande passo para uma boa auto-estima.  A aceitação e a valorização, são tijolos básicos dentro da construção de uma boa auto-estima. A criança que se sente aceita como é, é uma criança que aprende a assumir seus erros, e posteriormente, a convertê-los em melhorias.

Como ajudar a criança a superar o seu medo do fracasso

Como ajudar a criança a superar o seu medo do fracasso

O fracasso é algo que até os adultos temem hoje em dia, mas se o fazem é porque na infância não lhes ensinaram a que errar é algo que ajuda a crescer e a aprender.

Como ajudar a uma criança que se sente rejeitada

Como ajudar a uma criança que se sente rejeitada

A rejeição e a decepção são dois sentimentos difíceis de entender e de suportar, ainda mais quando é uma criança que está sofrendo. A resiliência é um traço que os pais devem incentivar nos filhos para que no momento em que se sintam decepcionados ou rejeitados possam superar estes sentimentos e que não os afete negativamente na sua autoestima.

4 maneiras de melhorar a autoestima infantil

4 maneiras de melhorar a autoestima infantil

A autoestima é o julgamento que fazemos de nós mesmos, do nosso físico, comportamento, pensamento, forma de fazer as coisas ou sentir. Quando vemos crianças que agem com insegurança e outras que o fazem com muitas dúvidas podemos saber imediatamente como vai a autoestima de cada um. Do que isso depende? Em grande parte de como seus pais tratam a essas crianças e de como as ‘etiquetam’ (ou dão apelidos).

O medo das crianças de competir

O medo das crianças de competir

A maioria das crianças gostaria de ser melhor em alguma coisa, seja na escola, no esporte, na música, na arte, etc. Quando a criança tem medo de competir na verdade ela tem medo do fracasso. Não quer se sentir perdedora e tem pouca confiança em si mesma.

0 comentarios