Crianças desobedientes

Conselhos para educar filhos desobedientes

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Não posso com meu filho! Já tentamos de tudo e parece inútil! Essa é a queixa constante e diária de muitos pais. 

Por que algumas crianças são tão desobedientes? Como é possível que os irmãos sejam tão diferentes, se o ambiente é o mesmo? Será que nascem assim? A verdade é que cada criança é única e irrepetível e nasce com uma forma de ser, a sua. Desde pequenos dá para distinguir com facilidade. Algumas crianças se mostram sorridentes, tranquilas, relaxadas, simpáticas, afetivas... E outras inquietas, rebeldes, desafiadoras, colocando continuamente os seus pais à prova. 

O desafio de crianças desobedientes com seus pais

crianças-desobedientes A

As crianças desobedientes têm um temperamento forte, buscam o enfrentamento, são desafiadoras, medem continuamente as forças e querem ser o centro da atenção. O ruim é que com frequência o conseguem; às vezes por esgotamento dos adultos e outras por sua própria perseverança. 

Na maioria das vezes, as crianças desobedientes parecem ter cheiro de confusão; não deixam de ser crianças, e como tais necessitam de segurança que os adultos podem proporcionar. Mas, um pai que continuamente não sabe como enfrentar os seus desafios, como reagir diante dos seus desplantes, diante dos seus ‘ouvidos surdos’ não é o melhor exemplo de segurança e equilíbrio. Eles pensam que a gente deveria saber sempre o que temos que fazer e não compreendem que tenhamos tantas dúvidas; às vezes, suas atitudes são extremas e continuamente buscam a provocação para ver se finalmente como reagimos ou atuamos! 

O que fazer com crianças desobedientes? Conselhos práticos 

1. Impor normas claras às crianças desobedientes, e que saibam o que pode acontecer quando desobedeçam. Exemplo: as coisas nós diremos apenas uma vez e se não o fizer terão consequências claras e inegociáveis.

2. Agir imediatamente quando não obedecer; não entrar em discussão. No caso anterior, levá-lo ao seu quarto para fazer os deveres.  

3. Não cair nas provocações dos filhos desobedientes. Não questionar suas queixas. Faça diretamente o que tenha proposto. 

4. Não tentar discutir com ele quanto desobedece; é inútil. Ele só está tentando nos confundir e ganhar tempo.