Infusões benéficas para as gestantes

Que infusões as gestantes podem tomar sem riscos para a gravidez

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Sempre atentos para que a gravidez se desenvolva com normalidade e tratando de evitar, na medida do possível, os típicos incômodos, a gente se depara com as infusões, com as quais devemos prestar atenção especial para evitar riscos desnecessários. 

Podemos considerar as infusões como uma bebida inofensiva, mas existem algumas como a menta ou a camomila que são desaconselhadas quando estamos esperando um bebê. Por outro lado, também encontramos algumas infusões benéficas para as gestantes. 

As infusões que as gestantes podem tomar

infusões-benéficas-para-as-gestantes A 

A dúvida é inevitável. Que infusões eu posso tomar na minha gravidez? Logicamente, cada pessoa tem necessidades diferentes e em alguns casos a gravidez requer uns cuidados específicos. Mas, em linhas gerais, estas são as infusões que a grande maioria das gestantes pode tomar: 

- Rooibos. Esta infusão que provém de uma leguminosa é de grande ajuda na gravidez pelas suas propriedades antioxidantes que protegem as defesas, sobretudo no primeiro trimestre da gravidez. Além disso, não é uma infusão estimulante, e pode ser tomada sem nenhum risco. 

- Gengibre. Um dos principais incômodos da gravidez pode ser aliviado facilmente graças à infusão de gengibre. Falamos das náuseas e dos vômitos tão característicos dos primeiros meses de gravidez. 

- Funcho. A infusão de funcho é uma maneira segura de evitar a perda de ferro na gravidez e reduz o risco de sofrer anemia. Além disso, o funcho favorece a digestão, muitas vezes complicada nessa etapa. 

- Framboesa. Esta infusão de framboesa é benéfica na última etapa da gravidez porque ajuda a fortalecer os músculos do útero e está especialmente recomendada para o pós-parto

O chá e o café durante a gravidez 

As bebidas mais habituais são o café e o chá. Muito se tem falado do consumo do café na gravidez e a única concordância que se chegou é a moderação. As propriedades dessas duas bebidas podem ter efeitos adversos quando consumidas em excesso durante a gravidez. 

É melhor o chá do que o café na gravidez? Como se as infusões representassem uma garantia de risco nulo durante a gravidez, muitas mulheres substituem o café habitual por uma xícara de chá quando estão grávidas. E isso não deixa de ser um erro, já que o chá é uma bebida estimulante que pode (dependendo do tipo) dificultar a absorção de ferro. 

Utilizando o senso comum, no que se refere a alimentos e bebidas sempre é a moderação e a variedade. Cafés, chás e infusões são recomendáveis sempre que não se convertam num hábito contínuo e excessivo. 

Laura Vélez

Redatora de Guiainfantil.com