Exames que confirmam gravidez de gêmeos

Os exames médicos para confirmar a gravidez de gêmeos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Os exames que confirmam a gravidez de gêmeos são análises médicas que leva em conta os sintomas de gravidez. No entanto, somente as análises médicas e os exames podem confirmar se a gestante está esperando dois ou mais bebês. De maneira que, ainda que os seus sintomas de gravidez sejam exagerados, como corresponde a todos as gravidezes múltiplas, é imprescindível visitar o ginecologista para que mediante uma série de exames confirme se você está esperando gêmeos, trigêmeos ou mais bebês. 

Os exames médicos para confirmar a gravidez de gêmeos

exames-que-confirmam-gravidez-gêmeos A 

Os ginecologistas e obstetras podem detectar uma gravidez múltipla, seja de gêmeos, trigêmeos ou mais realizando os seguintes exames na gestante: 

1. Ecografia. O ultrassom ou ecografia é, geralmente, o primeiro exame que pode confirmar uma gravidez de gêmeos, trigêmeos ou mais. Permite visualizar os bebês dentro do útero mediante ondas de som de alta frequência. A ecografia é indolor, não tem nenhum efeito colateral não desejado tanto para a mãe como para o bebê e mediante essa técnica o médico que está realizando o exame pode medir e identificar os órgãos do corpo dos bebês, medir o crescimento dos bebês em relação ao tempo de gestação e avaliar o bem estar dos bebês. O restante dos exames vai confirmar a presença de uma gravidez múltipla, mas somente a ecografia pode mostrar o número de bebês que estamos falando. 

2. As batidas dos corações. O ginecologista poderá escutar as batidas dos corações dos bebês com um estetoscópio nos controles pré-natais de rotina. 

3. Análise do hormônio gonadotrofina coriônica. Permite quantificar na urina a quantidade de hCG (hormônio gonadotrofina coriônica) que o corpo da gestante produz. Esse hormônio é produzido somente na gravidez e sua presença serva para confirmar a gravidez através de um exame de urina. É o mesmo procedimento que segue os testes de gravidez. A quantidade de gonadotrofina coriônica aumenta pelo menos 60% por dia nas primeiras semanas de gravidez. Quando as análises revelam que as quantidades de hCG são superiores às que corresponderiam pelo tempo de gestação pode indicar uma gravidez múltipla. 

4. Exame de triple screening. Pode-se realizar entre as semanas 15 e 18 de gravidez. O triple screening mede três substâncias: hCG, estriol não conjugado e alfa-fetoproteína. Quando os níveis apresentam quantidades elevadas das três substâncias em relação à idade gestacional pode indicar uma gravidez múltipla. 

5. Amniocentese. Recomenda-se somente nas mulheres que têm gravidezes de alto risco, como uma gravidez múltipla. A amniocentese é uma análise do líquido amniótico que ajuda a diagnosticar ou descartar defeitos congênitos. Não é um exame de rotina. A amniocentese tem a capacidade de revelar detalhes relacionados ao DNA, como a Síndrome de Down

Marisol Nuevo