As visitas médicas durante a gravidez

Controles médicos na gestação

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Todas aquelas mulheres que estão planejando uma gravidez é provável que procurem a um ginecologista para realizar uma visita pré-concepcional. Nela se realiza a história médica da mulher e são dadas dicas de vida saudável, além da recomendação de começar a tomar suplementos como o ácido fólico.

Se esta visita não foi realizada, convém procurar o médico para começar com os exames médicos e o controle da gravidez, uma vez que o teste de gravidez tenha dado positivo.

Visitas ao ginecologista durante a gestação

as-visitas-médicas-durante-a-gravidez A

A continuação da gravidez e a frequência das visitas variam de país para país e nos diferentes tipos de medicina pública e privada. Na saúde pública são feitos os controles rotineiros básicos, enquanto que na privada as visitas e exames são mais frequentes. Em geral, os exames fundamentais são comuns em todos os casos:

- Primeiro trimestre de gravidez: a primeira visita pode ser realizada a partir da 7ª semana de gravidez e não convém esperar mais além da 12ª semana. Nesta visita, primeiro se realizam exames para confirmar a gravidez. 

Uma vez confirmada a gravidez se iniciará análises clínicas como do triple screening para avaliar o estado de saúde da mamãe e do bebê, já que com eles se podem detectar anomalias cromossômicas no bebê. 

Também se realizará uma história clínica da mamãe se não tiver sido realizada antes. Será determinada a data provável do parto baseada na última menstruação e já marcará uma ecografia que deverá se realizar na 12ª semana. Será nesta semana o momento em que poderá se medir a translucência nucal e avaliar um possível caso de Síndrome de Down. 

- Segundo trimestre de gravidez: o médico pedirá novas análises clínicas para comprovar se a gestante está bem de saúde ou necessita de algum suplemento. É frequente que a gestante apresente uma queda de ferro e tenha um pouco de anemia. 

A ecografia da 20ª semana é fundamental. Nela se pode determinar não somente o sexo do bebê, mas também se este apresenta alguma má formação. 

O ginecologista avaliará se o peso da gestante é correto e realizará as recomendações oportunas sobre o estilo de vida como caminhar todos os dias ou fazer exercício físico moderado, evitar álcool e cigarro e levar uma alimentação sadia. 

- Terceiro trimestre de gravidez: juntamente com as análises oportunas, será realizado o teste de O’Sullivan  (exame de glicose) que detecta se a gestante pode sofrer de diabetes gestacional. Também se realizarão ecografias para avaliar o estado do bebê e se ele já se posicionou de cabeça para baixo. 

O ginecologista recomendará que a futura mamãe participe de cursos de preparação para o parto e será realizado o exame de exsudado vaginal e retal, para comprovar se não existe alguma bactéria presente em algumas mulheres que poderia causar uma doença no bebê. 

Quando se aproximar a data provável do parto serão feitos alguns exames clínicos para comprovar o estado do bebê e se já existem contrações. 

Os ginecologistas recomendam que a futura mamãe tenha em mãos todas as análises e exames clínicos em uma pasta para que quando o parto se desencadear e a mamãe chegar ao hospital, o pessoal clínico possa ter em mãos toda a informação necessária. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com