Causas da dislalia na infância

Transtorno da linguagem más comum na infância. Pode aparece entre os 3 e os 5 anos de idade

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A dislalia é muito fácil de identificar. Quando uma criança com mais de quatro anos pronuncia mal as palavras, não conseguindo uma articulação correta das sílabas, a família e os educadores logo vão perceber. No princípio muitos tentarão ajudá-la, corrigindo sua forma de falar, mas sem um tratamento adequado e especializado é muito difícil, já nessa fase, solucionar o problema de forma caseira.

As causas da dislalia na infância

dislalia infantil. Dificuldade para pronunciar as palavras

São muitos os fatores a levar em conta na hora de definir uma causa para a dislalia de uma criança. No entanto, a definição da causa é fundamental para um posterior tratamento especializado, já que essa intervenção vai variar segundo o problema orgânico ou de aprendizagem. As possíveis causas dos transtornos da fala são:

1- Atraso fonológico. Quando os problemas estão relacionados a um atraso no desenvolvimento da fala. A criança simplifica os sons porque não aprendeu a produzir os mais complexos da sua língua. Sua capacidade articulatória não está afetada.

2- Transtorno fonético ou dislalia. Quando a criança não adquiriu de uma forma correta os padrões de movimento que são necessários para a produção de alguns sons da fala, o que quer dizer que a criança não move os músculos que se encarregam da fala como deveria, e por isso comete omissões, substituições e distorções de alguns sons da língua.

3- Alterações físicas. Quando a criança apresenta más formações físicas nos órgãos que interferem na fala e que a impedem de pronunciar muitos sons. As lesões no sistema nervoso podem ocasionar alterações no movimento e na coordenação dos músculos implicados na fala. A má oclusão dental, o freio da língua, o malformações no lábio (por exemplo, lábio leporino o fenda palatina), podem ocasionar a dislalia. Crianças com algum tipo de deficiência auditiva tem dificuldades na fala.

Como se trata a dislalia nas crianças

Quando a criança, a partir dos 4 anos de idade, tem dificuldade para articular bem as palavras, o primeiro que deve fazer os pais é levá-la a um especialista. Só um experto poderá avaliar a dificuldade da criança e aplicar um tratamento correto.

É importante que os pais estejam lado a lado do especialista para ayudar a criança a superar a dificuldade de falar e pronunciar. Seguir as instruções do especialista só vai acelerar os resultados do tratamento.

Em que consiste o tratamento? em exercícios y jogos de estimulação labial e lingual. O terapeuta orientará aos pais e à criança como exercitar os músculos para que se produza sons y expressões adequados.

o principio pode ser que seja cansativo y que nao se demonstre resultados evidentes, mas é necessário que se reserve um pouco de tempo ao dia para se dedicar a esta terapia. No final, tem ótimos resultados. Os exercícios são geralmente divertidos para que as crianças se interessem e se divirtam ao mesmo tempo em que se trata.

Algumas dicas de exercícios: jogos com sons de animais, leituras com sons, jogos que estimulam o movimento da língua e da pronúncia das palavras.

Fontes consultadas:
- Guiadepsicologia.com
- Delogopedia.com
- Mikinder.blogspot.com