Zika vírus e as crianças

Como se transmite e se detecta o zika vírus em bebês e crianças

Vilma Medina

Vilma Medina

O zika vírus, assim como a dengue e a chikungunya, é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, e os sintomas mais comuns são: manchas pelo corpo, coceira, febre, conjuntivite e dores nas articulações. O nome ‘zika’ é devido ao nome da floresta africana aonde foi identificado. Após a picada pelo mosquito, a doença pode levar até 12 dias para se manifestar, e na maioria dos casos a criança fica livre da doença mesmo sem tratamento. 

Com a relação do zika vírus e a microcefalia (bebês nascem com cérebro menor do que o padrão) existe uma recomendação médica que, principalmente em áreas de muita ocorrência do mosquito, que as mulheres não engravidem. 

Sintomas do zika vírus

zika-vírus-e-as-crianças A

Manchas pelo corpo e coceira são os principais sintomas (que podem durar de 2 a 7 dias), mas algumas crianças também podem sentir dores nas articulações e conjuntivite, além da febre (normalmente baixa). 

Tratamento do zika vírus

A criança deve beber muito líquido e descansar o máximo possível. As mamães que estiverem amamentando não devem deixar de amamentar. Assim como na dengue, remédios à base de ácido acetilsalicílico não devem ser administrados. 

Para amenizar a coceira devido a vermelhidão na pele das crianças, você pode banhar a criança com maisena ou aveia para aliviar a coceira. Além de comunicar ao seu pediatra, é recomendável manter as unhas do seu bebê ou criança bem cortadas para evitar que se machuque ao se coçar. 

Quem adoece do zika vírus fica imunizado para o resto da vida, mas pode pegar outras doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti e ainda não existe vacina para a doença. 

Como proteger a criança do zika vírus

Como é amplamente divulgado todos os anos, a única forma de prevenção é o combate do mosquito Aedes aegypti, evitando deixar água parada em pneus, garrafas, lixo, poças de água, caixa d’água abertas, etc. Outra forma é colocar telas nas portas e janelas e evitar abrir a porta da casa no início da manhã e no final da tarde.

As crianças devem usar roupas claras e que cubram os braços e pernas, para protegê-las do mosquito. Os repelentes, principalmente os caseiros também devem ser usados sob prescrição médica, uma vez que a criança ou o bebê (nunca menor de 6 meses pode usar repelente) podem ser alérgicos a algum produto. O mosquiteiro também é uma boa opção para a proteção das crianças em casa. 

Zika vírus e a microcefalia

Já existe mais de 1.700 casos suspeitos de microcefalia e 19 mortes em todo o Brasil (Ministério da Saúde) em todo o Brasil, sendo mais grave no Nordeste brasileiro, principalmente no Estado de Pernambuco. Depois de confirmada pelos laboratórios e pesquisas da relação do zika vírus e a microcefalia têm acontecido um verdadeiro desespero de gestantes que se sentem expostas ao vírus e o temor que o seu bebê nasça com alguma má-formação

Assim que a microcefalia é detectada (através do ultrassom) os médicos devem iniciar outros exames complementares, como ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética, para detectar possíveis alterações inflamatórias ou hemorragias. 

A diminuição do tamanho do cérebro, além da má-formação pode resultar numa série de deficiências neurológicas tanto motoras como cognitivas. Infelizmente, 90% dos casos estão relacionados com retardo mental. 

A microcefalia não tem cura, ou seja, uma vez detectada não existe como revertê-la.

Dengue em crianças pequenas

Dengue em crianças pequenas

De acordo com o Ministério da Saúde, a dengue aumentou 240% de 2014 para 2015, e casos de morte aumentou em 29%. Realmente são dados alarmantes no Brasil. Mas, como saber se o meu filho pequeno está com dengue?

Como prevenir as picadas de insetos nos bebês

Como prevenir as picadas de insetos nos bebês

As picadas por mosquitos podem representar uma dor de cabeça, principalmente quando se tem um bebê em casa ou durante uma viagem, já que podem ser transmissoras de doenças ou provocar reações alérgicas ao pequeno.

A Microcefalia no Brasil

A Microcefalia no Brasil

A Microcefalia se caracteriza por uma cabeça e um cérebro menor do que o considerado padrão (médio) e geralmente é causada por uma falha no desenvolvimento do cérebro, que pode estar associado a síndromes genéticas ou por outras causas como o uso de drogas e álcool durante a gravidez e ainda por infecção da grávida por: meningite, intoxicação por cobre ou mercúrio, má nutrição, toxoplasmose, catapora, citomegalovírus e rubéola.

O zika vírus está relacionado à epidemia de Microcefalia em bebês

O zika vírus está relacionado à epidemia de Microcefalia em bebês

Estudos feitos pelo Instituto Evandro Chagas identificaram a presença do zika vírus, transmitido pelo Aedes aegypti (o mesmo mosquito que transmite a dengue e a chikungunya), em exames em uma criança do Ceará que nasceu com microcefalia e outras doenças congênitas.

Como se mede a temperatura de um bebê

Como se mede a temperatura de um bebê

Considera-se febre em bebês e crianças toda temperatura superior a 38ºC axilar ou superior a 38,5ºC retal. No entanto, febrícula é a elevação da temperatura axilar entre 37º e 38ºC. A variação em graus entre a temperatura retal e a axilar é de 0,5ºC. A febre é o motivo de consulta mais frequente na Pediatria e é um fator que causa muita ansiedade nos pais.

0 comentarios

Ad