O choro do bebê. Como consolá-lo

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Alguma vez você já se perguntou por que o seu bebê chora? Com certeza que sim! E quantas vezes... Não é verdade? O bebê chora porque ainda não sabe se comunicar de outra forma. 

O choro do bebê, a primeira forma de comunicação, é a única ‘palavra’ com a qual ele pode se expressar. É o único idioma que sabe falar. É sua primeira forma de se comunicar e de se conectar com os que estão ao seu redor. 

Por que o meu bebê chora?

o-choro-do-bebê-como-consolá-lo A 

Um bebê chora porque tem fome, porque se encontra incômodo ou chateado, porque está doente, ou porque simplesmente quer chamar a atenção. O bebê chora fundamentalmente para buscar atenção e consolo. Mas, como decifrar ou captar o que quer dizer o bebê quando chora? Se o choro é o mecanismo que os bebês têm para se conectar com sua mãe ou com quem estiver mais próximo dele, eu me pergunto: por que não tirar partido desse dispositivo? Se esta é a única forma de comunicação do bebê com o seu meio, então falemos com ele. Com certeza, pouco a pouco a gente vai conseguir chegar a se comunicar. 

Tudo o que o bebê estiver dizendo através do choro é importante. É uma etapa que não deveria ser ignorada nem deixada de lado. Se o bebê chora, a mãe, ou a pessoa que mais passe tempo com ele nos seus primeiros meses de vida não tem por que se assustar. Há que levar em conta que o bebê chora de dia, de noite e de madrugada, e que isso não é motivo para subir pelas paredes, angustiar-se ou se estressar. Não o repreenda, nem grite com ele e nem comece a chorar também. Assim você só irá piorar a situação. 

Tenha em mente que o seu bebê necessita do seu consolo e não do seu desespero. Ele necessita de segurança e não das suas incertezas. Por esta razão, faz-se necessário que você aprenda a se acalmar primeiro antes de falar com o seu bebê. Nesses momentos, o melhor é alimentá-lo, niná-lo e atendê-lo. Criar uma aliança de carinho, de proteção e de comunicação com ele. Alguns dias serão mais fáceis que outros. Mas, se você consegue manter a paciência você verá que irá conseguir entender o choro do seu bebê com mais facilidade e estabelecerá padrões de comportamento especiais para ajudá-lo em cada momento. 

E quando você conseguir você verá que o seu bebê já começará a se comunicar contigo de outras formas. Balbuciará, moverá suas mãos, seus olhos e te dirá o que quer com o seu dedo indicador, e logo começará a pronunciar suas primeiras sílabas, palavras, frases... Não deixará de chorar, porque a gente continua chorando até hoje quando não conseguimos expressar o que nos está acontecendo com palavras.

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com