Os bebês também sofrem de estresse?

Vilma Medina

Vilma Medina

Pelo visto ninguém está livre de se sentir estressado. O estresse, ou seja, o cansaço ou a fadiga extrema, resposta do organismo contra alguma situação de pressão pode afetar também aos bebês. Com o ritmo de vida atual e as mudanças no modelo social e familiar, os bebês podem sentir estresse inclusive antes de nascer. 

Parece incrível que isso possa ocorrer, mas cientificamente está comprovado que o estresse pode ser produzido antes do nascimento, já que através dos vasos da placenta podem passar os hormônios da resposta de ativação do estresse da mãe ao filho em desenvolvimento. Outra situação de estresse o bebê poderá sentir durante o trabalho de parto, ou durante a etapa das cólicas do lactente

Por que os bebês sofrem de estresse

os-bebês-também-sofrem-de-estresse A 

Um estudo da Universidade Complutense de Madrid concluiu que os bebês de hoje em dia têm 50 vezes mais probabilidades de sofre estresse que há 15 anos. Além das mudanças no estilo de vida, os pesquisadores associam o estresse também a possíveis doenças, à falta de cuidados e de atenção, ao excesso de exigência, permissividade ou falta de comunicação, a uma alimentação insuficiente ou inadequada, à falta de afeto ou carinho no meio familiar, assim como aos fatores ambientais como o barulho, a solidão ou o escuro. Como saber se o bebê sofre de estresse? 

Em geral, através dos choros ou irritação excessivos, bem como de alterações no sono e na alimentação. Nas crianças mais crescidinhas, o estresse pode se manifestar pela ansiedade, às vezes com depressão ou inclusive com transtornos de comportamento (reações agressivas, hostilidade, dificuldade nas relações). 

Entre os conselhos para prevenir o aliviar o estresse em crianças, o estudo sugere: 

- O aleitamento materno, por ser um dos melhores imunorreguladores. 

- Que se ofereça à criança um ambiente familiar tranquilo, sem conflitos e com muito diálogo. 

- Uma rotina bem controlada e equilibrada, aplicada tanto aos horários como nas atividades diárias. 

- As crianças necessitam, sobretudo se sentir seguras, atendidas e amadas dentro da família. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Estresse em gestantes pode causar eczemas nos bebês

Estresse em gestantes pode causar eczemas nos bebês

O estresse e a ansiedade não são bons em nenhuma circunstância e muito menos na gravidez. O congresso líder a nível mundial em matéria de alergia e imunologia apresentou uma pesquisa cujas conclusões revelam que o estresse nas gestantes é um fator de risco para o desenvolvimento do eczema atópico, especialmente em bebês de 6 a 8 meses de vida.

Diga-me como foi a sua gravidez e eu te direi como é o seu filho

Diga-me como foi a sua gravidez e eu te direi como é o seu filho

Se você vive uma gravidez com muito estresse você terá um filho mais nervoso? Ou se a gravidez for tranquila e plácida, a criança será mais calma? O que está claro é que os seres humanos são emocionais e durante a gravidez as emoções parecem estar mais à flor da pele.

O estresse do bebê no útero materno

O estresse do bebê no útero materno

Já faz muito tempo que a gente sabe que o estresse não é bom e que quando a vida da mamãe grávida ficava transtornada também podia afetar ao bebê durante o seu desenvolvimento no útero materno. No entanto, nada se sabia sobre se essas vivências teriam consequências posteriores na vida adulta desses bebês. Existem estudos científicos que demonstram isso. O bebê pode sofrer estresse no ventre materno.

Dicas para combater o estresse na gravidez

Dicas para combater o estresse na gravidez

Ainda que a gravidez seja um processo maravilhoso, para algumas mulheres também é uma situação que implica em episódios de agonia, estresse e inclusive ansiedade. Guiainfantil.com nos dá cinco dicas para combater o estresse na gravidez.

Colocar os filhos para dormir mais cedo reduz o estresse dos pais

Colocar os filhos para dormir mais cedo reduz o estresse dos pais

Por outro lado, dormir bem promove o descanso para o corpo e a mente mantém o coração sadio, ajuda a controlar o peso, fortalece o sistema imunológico. Mas, como conseguir que a criança durma bem? Deve adquirir uma boa rotina de sono, dormir entre 10 e 13 horas e se deitar cedo. Isso também é fundamental e o mais importante porque, além de tudo melhora a saúde mental dos pais.

O cônjuge causa 10 vezes mais estresse do que os filhos

O cônjuge causa 10 vezes mais estresse do que os filhos

É normal pensar que as noites sem dormir dando o peito, as longas jornadas cuidando do bebê, os medos iniciais ou as constantes dúvidas a respeito da criação elevem a ansiedade e o estresse das mães. No entanto, um recente estudo vem mudar essa crença, já que assegura que o cônjuge causa 10 vezes mais estresse do que os próprios filhos.

0 comentarios