As crianças mais inteligentes se distraem mais

As pessoas inteligentes se distraem com mais facilidade no trabalho, e ainda que sejam intelectualmente superiores aos seus companheiros, sua capacidade de atenção é menor que a do restante. Isso é pelo menos o que revela um estudo feito no Reino Unido. 

E isso também é aplicável às crianças. Aquelas que têm uma capacidade intelectual superior podem ter mais dificuldades para se concentrar devido, a outras coisas, à grande quantidade de idéias que fervilham nos seus pequenos cérebros. 

Por que as crianças mais inteligentes se distraem com facilidade

as-crianças-mais-inteligentes-se-distraem A 

Steelcase, uma companhia de soluções de trabalho no Reino Unido analisou os resultados elaborados por neurologistas e pesquisadores cognitivos com trabalhadores de diferentes empresas. O estudo revelou que as pessoas mais inteligentes podem ter mais dificuldades para decidir que idéias priorizar, por isso, isso as conduz à distração e afeta a capacidade para suportar múltiplas tarefas. 

Dessa forma, os cérebros mais inteligentes podem ‘ficar abaixo do seu potencial esperado’, já que longe de render mais, elas se distraem com coisas como recordar que tem que fazer uma ligação pessoal, a tentação de olhar as redes sociais, escutar uma conversa próxima, tentar ver o que faz o companheiro, prestar atenção a esse ruído estranho que vem da rua... 

Isso também acontece com as crianças, e pode ser uma constante em crianças com altas capacidades, com quem ocorrem essas coisas: 

- Se distraem com muita facilidade. A razão está em que possuem um cérebro que percebe tudo, todo o tempo, em qualquer situação, por isso podem sofrer sobrecargas emocionais e sensoriais. São desorganizadas, não prestam atenção a coisas mais comuns, processam de forma mais lenta a informação menos relevante ou se bloqueiam quando o seu cérebro está cansado. É muito comum que pareça que nem sequer nos escutem. 

- São altamente criativas e percebem as sensações de forma aumentada, ou seja, todos os seus sentidos, ouvido, tato, visão, gosto e olfato, estão muito mais desenvolvidos. Dessa forma, talvez sua atenção esteja em coisas que tenham passado despercebida pelos demais. 

- Muitas vezes chegam a ser diagnosticadas como TDAH, já que são muito agitadas, inquietas e têm uma inesgotável necessidade de realizar um sem fim de atividades. 

- Nas crianças com altas capacidades a chateação as leva a se desconectar e podem parecer distraídas. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

  • Como educar o cérebro das crianças
    Como educar o cérebro das crianças

    A Neuroeducação infantil é uma disciplina recente que agrupa conhecimentos neurocientíficos, psicológicos e educativos, que trata de aproximar aos pais e educadores conhecimentos sobre como funciona o cérebro das crianças e facilitar o seu aprendizado.

    • Hábitos que farão dos seus filhos adultos felizes
      Hábitos que farão dos seus filhos adultos felizes

      Encontrar a felicidade, para muitos é o grande objetivo da vida. Ensinar aos filhos a serem felizes no futuro é uma tarefa importante dos pais. A revista Forbes, conhecida mundialmente pelos seus estudos apresenta um total de 8 hábitos que podem nos ajudar a sermos mais felizes.

    • Crianças amamentadas são mais inteligentes
      Crianças amamentadas são mais inteligentes

      A amamentação eleva o coeficiente intelectual das crianças e melhora o seu rendimento acadêmico. Isso quer dizer que as mães que dão de mamar aos seus bebês podem esperar que eles sejam mais inteligentes que os bebês que não têm a mesma oportunidade.

0 comentários