Os filhos se parecem mais com os pais do que com as mães

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Com quem o seu filho mais parece? Os olhos, o cabelo, os gestos, a forma de ser... De quem herdou mais características? Segundo os últimos estudos, o seu filho deveria se parecer mais com o pai! 

A princípio você pode pensar... ‘Isso é uma loteria. A genética é um jogo de azar’... Mas, os pesquisadores têm conseguido demonstrar que o homem contribui com mais carga genética do que a mulher aos seus descendentes. 

Por que os filhos se parecem mais com o pai

os-filhos-se-parecem-mais-com-os-pais A 

O estudo feito por cientistas da UNC School of Medicine (Estados Unidos) poderia ser muito importante na hora de estudar o comportamento e desenvolvimento de doenças hereditárias. Até agora se conhecia que existem 95 genes chamados genes ‘impressos’ que são herdados, tanto da mãe como do pai. Esta pesquisa também fornece outro conjunto de genes herdados do pai. Esses genes poderiam fornecer mais alguma luz sobre o estudo de certas doenças. 

De fato, segundo o responsável pelo estudo, o Doutor Fernando Pardo-Manuel de Villena, as pesquisas atuais que se realizam com ratos se concentram nas mutações de genes adquiridos tanto de pais como de mães. 

E que tipos de estudos de doenças poderiam se beneficiar dessa nova teoria? Muitíssimas: desde o diabetes tipo 2 até doenças do coração, esquizofrenia, obesidade e câncer. 

Os cientistas têm demonstrado com ratos que a mutação genética mostra um desequilíbrio a favor da herança paterna. As mutações são diferentes em função da herança paterna ou materna. 

O que se herda dos pais 

A carga genética é muito evidente em muitos casos, tanto nos traços físicos como no chamado temperamento. Você sabe a quantidade de coisas que herdamos dos nossos pais? 

1. Traços físicos. Não estamos falando somente da cor dos olhos, da voz ou da textura e quantidade de cabelo. São herdadas pintas, manchas específicas na pele, ou essa peculiar forma dos dedos do pé. 

2. Gestos e tics. Neste caso, não apenas são heranças genéticas, mas aprendizagem. Muitos dos tics a gente desenvolve em observá-los nos nossos pais desde bebê. Essa forma de segurar o queixo ou de pegar na orelha... 

3. Certas habilidades. Por exemplo, essa capacidade de separar todos os dedos do pé que só determinadas pessoas possuem, ou de fechar num círculo perfeito a língua quando colocada para fora... Você pensa que é algo somente seu? Peça ao seu pai ou à sua mãe que tentem... Você se surpreenderá! 

4. Doenças. Essa é a parte que ninguém gostaria de herdar. No entanto, centenas de doenças com uma alta porcentagem hereditária são herdadas. Entre elas, a hipertensão, o colesterol, hipotireoidismo ou o câncer. 

5. Temperamento e inteligência. A personalidade se constrói ao longo de toda a infância e adolescência. Mas, existe algo chamado temperamento que também se herda. E segundo recentes estudos a gente pode incluir na lista de ‘presentes’ herdados, a inteligência

Os pais têm muito a dizer na herança genética. Ainda que possa não ser no físico, talvez seja na forma de ser ou essa facilidade que tem com os números e o cálculo mental. Observe e tire suas próprias conclusões. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com