Más condutas dos pais com os filhos

Vilma Medina

Vilma Medina

Em geral, os pais sempre falam mais do bem que fazem aos seus filhos do que o mal. Como cada início de ano eu fico mais reflexiva quanto às atitudes que tenho diante dos meus amigos, família e minha filha. 

Acredito que é importante reconhecer o que fazemos bem e o que fazemos mal, e a partir daí iniciar oportunas e necessárias mudanças a favor de uma boa convivência com os nossos filhos. O que podemos fazer de ruim aos nossos filhos? 

Como os pais podem causar danos aos filhos

más-condutas-dos-pais-com-os-filhos A

Estou segura de que está em nossas mãos o bem estar das crianças. Nós sabemos de sobra, como educá-las e cuidá-las. No entanto, estamos conscientes do mal que estamos fazendo a elas com algumas atitudes e comportamentos? Segue, para reflexão, algumas formas com as quais acredito que os pais podem causar danos aos filhos: 

1- Dar-lhes tudo, absolutamente tudo o que eles querem.

2- Não ter tempo para estar nem para brincar com eles

3- Discutir com o cônjuge diante deles

4- Prometer-lhes algo e não cumprir o prometido. 

5- Reconhecer somente os seus erros e não os acertos. 

6- Exigir condutas que você não tem com eles, como por exemplo, falar palavrões, ofender aos outros, não compartilhar... 

7- Ignorar as crianças. Deixá-las crescer sem limites, sem apoio nem supervisão. Não ensinar valores importantes como a gratidão, a bondade, a amizade, o perdão, a solidariedade

8- Exigir delas com demasiada ditadura, sem tolerância, nem flexibilidade e sem deixar espaços para erros. 

9- Permitir-lhes que faltem ao respeito aos outros e a você. 

10- Não dar a elas compromissos nas tarefas do lar (de acordo com sua idade). 

11- Não permitir que eles levem amigos à casa ou que vão à casa dos amiguinhos. 

12- Deixar que as crianças vejam e/ou escutem qualquer tipo de filme ou música. Ou que estejam o dia todo em frente ao computador ou à televisão

13- Não dar atenção aos cuidados com sua alimentação, higiene, seus deveres ou de seus assuntos. 

14- Negar-se a responder aos seus questionamentos sobre temas delicados como a morte, o sexo, etc. 

15- Repetir, por várias vezes, seus erros do passado. Rotulá-los por um mau comportamento que tenham tido. 

16- Permitir que as crianças mintam, roubem ou enganem, ou que batam, mordam ou machuquem aos outros sem interferência nem orientação. 

17- Não se interessar pelo que as crianças fazem na escola. Não participar nas reuniões de pais e professores e nas reuniões da escola. 

18- Deixar claro que você não acredita neles, nem no que fazem. Não parabenizá-los pelo bem que fazem. 

19- Negar a eles carinho e afeto. Negar comunicação, expressão, e desejos. 

20- Abusar das crianças emocionalmente, sexualmente ou fisicamente. 

Você conhece alguma outra forma com que podemos causar muito dano aos nossos pequenos? 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Sinais de que o nosso filho está amadurecendo

Sinais de que o nosso filho está amadurecendo

Não existe um padrão de maturidade para todos os meninos e meninas por igual, uma vez que isso dependerá da sociedade, das experiências vividas e da educação recebida. Mesmo assim, existem alguns sinais que te ajudarão a descobrir se o seu filho já está amadurecendo.

Como detectar se uma criança sofre de transtorno de aprendizagem

Como detectar se uma criança sofre de transtorno de aprendizagem

Quando uma criança começa a tirar notas ruins na escola, nem sempre tem porque estar relacionado com o seu comportamento, ou que seja mais ou menos desatento. Às vezes é um sintoma de que apresenta algum problema de aprendizagem como a dislexia ou a disgrafia.

O valor da humildade nas crianças

O valor da humildade nas crianças

Sem dúvida, a humildade é um dos valores essenciais na educação das crianças. Ser humilde significa sentir respeito em relação aos outros, não desvalorizar ninguém nem se considerar superior, e, sobretudo ter uma atitude permanente de aprendizado.

Benefícios de brincar ao ar livre com as crianças

Benefícios de brincar ao ar livre com as crianças

É fato que as crianças tendam a ficar em casa nos seus momentos de lazer e cada vez mais prefiram se divertir com videogames, computadores, smartphones do que sair de casa. Os pais devem incentivar os filhos a brincarem ao ar livre. Conheça alguns benefícios.

Como respeitar a individualidade das crianças

Como respeitar a individualidade das crianças

Reconhecer e respeitar a individualidade nos nossos filhos é uma das principais tarefas na educação, em valorizar as preferências das crianças, acreditarem nas suas potencialidades e confiar na sua capacidade para que vão melhorando as suas habilidades

0 comentarios