O que acontece com a barriga após o parto

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Recuperar a forma após o parto é um dos temas que mais preocupam as mulheres. Voltarei a ter a mesma cintura? Será que perderei os quilos que ganhei? São perguntas habituais nas gestantes. 

Na televisão e nas revistas vemos como as mamães famosas recuperam a sua forma física em tempo recorde e isso pode nos levar a pensar que isso acontecerá a mesma coisa com a gente e acabemos deprimidas porque no nosso corpo não reage como o delas. 

Como recuperar a forma depois de uma gravidez

o-que-acontece-com-a-barriga-após-parto A

Após dar a luz ao meu primeiro filho me surpreendeu muito como minha barriga ficou. Após o parto e uma vez passada a anestesia tudo o que tinha sobrado era como um balão murcho, e o aspecto era como uma barriga no seu quarto mês de gravidez, mas mais mole e flácida. Era um pedaço de carne um pouco incontrolável e pesada que se movimentava de um lado para o outro. Foi muito desagradável me ver assim. Além disso, o umbigo estava enorme, como uma bola no meio da barriga. Felizmente não tinha saído estrias em mim.

Não é que eu pensasse que iria ter a mesma forma uma vez que tivesse dado a luz, mas é que jamais pensei que ficaria aquele volume e aquela pela ‘pendurada’ de forma bastante antiestética. Tive que usar minha roupa de grávida pelo menos durante um tempo e me custou praticamente um ano para recuperar a forma física. Isso pode parecer muito tempo, mas a verdade é que tinha engordado muito e não foi fácil perder todo o excesso de gordura acumulada. 

Após a depressão inicial em ver-me com essas formas tão estranhas eu resolvi colocar as mãos à obra. Estes foram os meus truques. Espero que isso as ajude: 

- Consultei a uma matrona e ela me ajudou a entender que não havia milagres nisso. A gravidez é um processo que dura 40 semanas, portanto o corpo necessita pelo menos desse tempo para se recuperar. Melhor não se fixar nas mamães famosas. Elas dispõem de uma quantia enorme para solucionar esse tema de forma rápida e eficaz. 

- Dar o peito ao bebê me ajudou a ir perdendo pouco a pouco a gordura que tinha acumulado. 

- Esperei o tempo recomendado para começar a me colocar em forma. Comecei dando largas caminhadas. No início com o meu bebê. Pelo caminhava uma hora por dia. E, passadas 3 semanas do parto eu comecei a fazer pequenos exercícios de academia em casa. Aos dois meses eu me matriculei na academia e tentava fazer pelo menos uma hora seguida de exercícios aeróbicos.  

- Quanto à alimentação eu tentei comer muita fibra e verduras; bebia muito líquido e tentei não comer besteiras entre as refeições (algo que tinha feito com assiduidade na minha gravidez). 

Demorei em ver resultados. Às vezes quis jogar a toalha e deixar a academia e voltar a comer bolos e chocolate de forma compulsiva, mas aguentei e tive muita força de vontade. Com constância e trabalho eu consegui perder os muitos quilos que tinha ganhado. Terminei pesando 3 quilos mais do que no início e nunca consegui perdê-los, mas tão pouco me caia mal.

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com