O que muda no corpo da mulher durante a gravidez

Vilma Medina

Vilma Medina

Uma das preocupações que a mulher tem quando descobre que está grávida é em relação às alterações que o seu corpo experimentará, inclusive após o nascimento da criança. Ela sabe que sentirá náuseas, que é provável o aparecimento de estrias, inchaço e que aumente de peso. Afinal das contas, outra pessoinha estará crescendo no seu ventre. A gravidez é uma transformação. Por isso, em maior ou menor medida, o corpo também se altera.

O peso durante a gravidez

o-que-muda-no-corpo-mulher-durante-gravidez A 

Ainda que tudo isso pareça inevitável, existem fórmulas para enfrentar tudo isso. Comecemos pelo peso. O peso de uma gestante pode aumentar uns 400 g por semana, o que fará que no final da gravidez o seu peso aumente uns 12 quilos, aproximadamente. Quanto a isso, pouco se pode fazer. A mãe necessita se alimentar bem e adequadamente para assegurar uma boa saúde do seu bebê. A única coisa que se pode fazer é manter uma dieta equilibrada e orientada pelo médico e fazer exercícios físicos sob recomendação médica. 

As náuseas da gestante 

As náuseas, muitas vezes seguidas de vômitos e de alguma dor de cabeça, sintomas próprios dos três primeiros meses são muito comuns. Para aliviá-los, os médicos recomendam comer poucas quantidades e com mais frequência durante o dia. Eliminar o consumo de cafeína, bebidas gasosas, álcool e doces; comer mais frutas e farinhas integrais e beber grande quantidade de líquidos. Isso ajudará a diminuir a acidez. Somente em alguns casos mais severos, aconselha-se alguma medicação, sempre sob orientação médica. 

As alterações hormonais também poderão provocar varizes, inchaços e câimbras nas pernas da gestante. Para isso, a melhor coisa é evitar o uso de saltos altos, não carregar peso em excesso, diminuir o sal, fazer exercícios físicos, como a hidroginástica, a ioga, ou caminhar o quanto puder. Dizem que o Shiatsu também vai bem. A pele também sofre alguma alteração. Sua cor aumenta, pode apresentar alguma rachadura, como também manchas, por isso é aconselhável o uso de cremes com protetor solar para evitá-las. Convém também hidratar bem a pele para evitar a ocorrência de estrias.

À medida que a gravidez avança, e com o aumento da barriga, a mulher deve cuidar melhor das costas. Manter o equilíbrio, evitando com que o tronco fique arqueado é uma das medidas mais acertadas. No mais, tudo é desfrutar. Pense que é uma etapa transitória. Mudanças que trarão resultados mais importantes para a sua vida. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Como evitar estrias durante a gravidez

Como evitar estrias durante a gravidez

As estrias, essas manchas meio avermelhadas, azuladas ou meio brancas que parecem cicatrizes, e que aparecem nas mamas, coxas, quadris, abdômen e nádegas de algumas mulheres grávidas, permanecerão por toda a vida. Chegam a afetar cerca de 90 por cento das gestantes.

A pele da mulher durante a gravidez

A pele da mulher durante a gravidez

A pele da grávida é mais suscetível a algumas alterações. As mudanças hormonais, vasculares e imunológicas que surgem na mulher durante a gravidez, acabam provocando algumas mudanças muito visíveis em sua pele.

Cansaço e falta de energia durante a gravidez

Cansaço e falta de energia durante a gravidez

O corpo da futura mamãe gasta muita energia para que o embrião progrida e tenha um crescimento normal. Por isso ocorre cansaço e falta de energia durante a gestação. Da mesma forma, o último trimestre o bebê cresceu tanto que seu peso e o incômodo do aumento do útero fazem com que a falta de energia retorne.

A dor de cabeça durante a gravidez

A dor de cabeça durante a gravidez

Durante a gravidez, as dores de cabeça são bastante frequentes, e pode ser que os episódios de cefaléias se dêem com mais frequência durante esse período.

Como prevenir o aparecimento de estrias na gravidez

Como prevenir o aparecimento de estrias na gravidez

Não há dúvidas que não há nada pior para a autoestima de uma mulher grávida quando ela nota que saíram estrias na pele da sua barriga, nas coxas e nádegas. Isso poderá fazer com que a mulher se sinta desanimada, insegura e abatida.

0 comentarios