Detecção precoce de defeito visual em bebês

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A prevenção é um tema que está presente em tudo o que se refere à saúde das crianças. Fala-se da prevenção da obesidade, do câncer, contra as cáries e inclusive de problemas visuais. Prevenir é melhor que remediar em todos os âmbitos da saúde e da educação. A gente te conta como se pode prevenir problemas visuais nos bebês. 

Como detectar transtornos de visão em bebês

deteção-precoce-de-defeito-visual-em-bebês A 

Por essa razão, um bebê, a poucas horas de ter nascido pode ser examinado pelo pediatra para descartar ou indicar alguma possível anormalidade física. A partir desse momento, os bebês vão a uma revisão médica a cada mês e logo a cada ano. 

Nos primeiros meses de vida ocorrem as mudanças mais fortes na evolução do olho e do seu sistema visual: 

- Aos 6 meses de vida o sistema visual é muito bom. 

- A partir do primeiro anos de vida até os 7 anos de idade é quando podem se manifestar os problemas.  

A optometria pediátrica é o ramo relativo à prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas visuais nas crianças. Mas, como e quando se pode detectar em bebês algum problema visual? 

Tudo dependerá do seu nascimento, das etapas de desenvolvimento pré-natal e pós-natal e dos seus antecedentes familiares

Os bebês nascidos de gravidezes delicadas, em partos complicados, com baixo peso, com antecedentes familiares de olho vago, estrabismo, altas miopias, ou que tenham estado muito doentes no seu primeiro ano, ou que tenham sofrido algum acidente, eles deveriam ser avaliados visualmente aos 6 e aos 18 meses e aos 3 anos de modo preventivo.