Como decorar quartos de crianças compartilhados

Soluções decorativas quando os irmãos têm que compartilhar o quarto

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O que fazer quando dois irmãos têm que compartilhar o quarto? Como decorar tanto se o quarto vai ser ocupado por dois meninos, duas meninas ou um menino e uma menina? Nós damos algumas dicas para decorar quartos compartilhados. 

O problema pode surgir quando se trata de quartos para um menino e uma menina ou quando as idades das crianças são muito diferentes. É aconselhável que cada um disponha do seu próprio espaço e que o sinta como seu. 

Quartos infantis compartilhados

quarto compartilhado de irmaos

Comecemos com os tipos de camas que podem ser utilizadas. As dimensões do quarto e o uso que vão dar ao espaço podem influenciar na escolha. Quando um, ou os dois, são ainda bebês, é claro que utilizarão berços. Mas, quando crescem, devemos planejar que fique um espaço para brinquedos e outro para estudo. Em relação aos tipos de camas podemos pensar em: 

- Camas individuais: caso o quarto disponha de espaço amplo, é perfeito colocar as camas em paralelo ou em L. 

- Bicamas: numa só peça, pode dispor de duas camas, uma delas pode ficar oculta debaixo da outra durante o dia, proporcionando mais espaço para brincar ou estudar. 

- Beliches: Com certeza essa é a opção que mais os pequenos fantasiam . Os mais comuns são os superpostos. Deve-se tomar muito cuidado com as quedas e chegar num consenso quem vai dormir em cima e quem vai dormir embaixo, ou revezar. 

- Camas embutidas: de dia ficam ocultas num móvel ou na parede e seus filhos poderão desfrutar de mais espaço para brincarem.  

Já quando cada criança vai dispor do seu próprio espaço, na hora de escolher a cor, você pode optar em utilizar a mesma cor para as diferentes áreas, mudando apenas a decoração, utilizando tecidos, almofadas e detalhes decorativos em cores diferentes, de acordo com o sexo (menino ou menina). No caso de um menino e uma menina, nem sempre temos que pensar na cor rosa e o azul. Existem outras opções como o verde, laranja ou amarelo, que, sobre uma base neutra combinam perfeitamente. 

A outra opção consiste em utilizar cores totalmente diferentes para separar os dois ambientes que cada criança ocupará. Essas cores podem contrastar intensamente e serem personalizadas de acordo com o gosto de cada um. 

Quando a idade das crianças é muito diferente, é bom planejar melhor, pois cada um tem suas fantasias e gostos próprios e interesses. De acordo com o tamanho do quarto, pode-se separar bem cada espaço com algum tipo de biombo, seja de madeira ou papelão, que delimite bem o cantinho de cada um.  Podemos integrar a decoração se você utilizar a mesma cor dos móveis ou da parede

Yolanda Corbillón
Decoradora
Blog bebeydecoracion.com