A criança de 3 anos

Desenvolvimento físico e mental das crianças de 3 anos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O bebê de três anos, que agora é uma criança, demonstra interesse e entusiasmo para tocar instrumentos como o pandeiro, o tambor, o acordeão, entre outros. A criança gosta de música e de fazer barulho porque chama a atenção e a sua agilidade é tremenda. 

A partir dos três anos a criança pode realizar duas atividades ao mesmo tempo, como jogar bola enquanto corre, tomar sorvete e subir as escadas, comer e falar ao telefone. Algumas pesquisas afirmam que é uma boa idade para iniciar-lhes no uso do computador. 

O que pode fazer uma criança de 3 anos

a-criança-de-3-anos A

Ver a criança crescer é algo difícil para os pais, uma vez que percebem que necessitam cada vez menos deles e como começam a nos fazer perguntas quando às vezes nem nós mesmos temos as respostas.

Quanto à sua maneira de ser, a criança mostra mais seus sentimentos e se torna mais sociável com os demais. Sua maneira de brincar estará mais condicionada pela presença de outras crianças, fixando-se desse modo no que fazem os mais velhos para imitá-los. Se com dois anos nos tiravam do sério com o seu egoísmo, agora começam a compartilhar e são elas mesmas quem emprestam seus brinquedos para outras crianças. 

Ao mesmo tempo, cada vez demonstram mais independência em relação aos seus pais. Cada vez precisam menos da gente! Aos três anos, a criança já é capaz de folhear livros e pode segurar o lápis de forma mais correta. Além de rabiscos, a criança faz desenhos com mais sentido, pintando vários personagens que têm relação com ela mesma e com o seu meio. Consegue inclusive escrever algumas letras do abecedário e o seu próprio nome, ainda que sua grafia não seja proporcional. Qualquer avanço neste terreno implica numa evolução muito grande para a criança e ela tem muitas fantasias. 

Aos 3 anos as crianças descobrem suas genitais 

O interesse pelas diferenças entre os sexos é o que mais chama a atenção das crianças nessa idade. Elas tentam reafirmar de que sexo são imitando o comportamento da mãe se for uma menina e do pai, se for um menino. 

É o início da fase fálica (ou genital). Descobrirá suas genitais e aprenderão a diferenciar um menino de uma menina e isso faz parte da sua evolução.