O que a tristeza ensina às crianças

Como administrar os sentimentos das crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Os sentimentos são grandes mestres de nós mesmos, porque nos ensinam como estamos, o que realmente queremos e o que necessitamos para nos sentirmos melhor no caso em que estejamos mal ou tristes. 

A tristeza é um sentimento muito forte que nos indica que algo não vai bem no nosso interior e que devemos buscar uma maneira de melhorar. A tristeza é um sentimento muito importante, porque também nos ensina valores que devemos saber interpretar.

Por que é importante ensinar as crianças a entender os sentimentos

o-que-a-tristeza-ensina-as-crianças A

As crianças com frequência têm dificuldades não apenas para compreender os sentimentos próprios, mas também para compreender os sentimentos de outras pessoas (é muito difícil compreender aos outros, se primeiramente a gente não compreende a nós mesmos). Estas habilidades são muito importantes para o bem estar físico e emocional, mas também para a construção de relações pessoais e para poder criar um vínculo afetivo com a família.

Todos nós temos direito a nos sentir tristes de vez em quando, mas também temos o direito a que a tristeza seja um bom professor pra gente, e para isso, as crianças devem aprender o que é que este sentimento que as ensina. 

O que as crianças aprendem com a tristeza

Todos os pais querem que seus filhos sejam felizes, mas a tristeza é uma emoção natural que não se pode ocultar para sempre. Quando nos sentimos tristes podemos pensar que a vida é muito injusta com a gente, mas na realidade é que é somente uma perspectiva. Muitas pessoas pensam que a felicidade é uma meta que deve ser conquistada, mas a felicidade é um caminho que não está isenta de momentos tristes... Se não houver tristeza, não existe felicidade. Mas, o que esse sentimento ensina para as crianças? 

1. Se existe a tristeza, também existe a felicidade.

2. A decepção e o sofrimento são temporais e podem nos ajudar a aprender e a crescer. 

3. Aprenderão a compreender as sensações dela mesma e dos outros.

4. Aprenderão a tolerar a desilusão, a frustração, o fracasso ou a injustiça.

5. Às vezes se perde e às vezes se ganha. 

6. Os outros também ficam tristes. 

7. A tristeza nos ajuda a buscar soluções que nos ajudem a ficarmos melhor.

A tristeza é um sentimento que não deve ser reprimido. No caso de reprimi-la, as crianças teriam consequências negativas, como, por exemplo: mau comportamento, falta de assertividade, má compreensão dos sentimentos, baixa tolerância à frustração, depressão, etc.

María José Roldán

Psicopedagoga

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)