Como educar crianças caprichosas

Dicas para controlar os caprichos das crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Uma criança caprichosa é uma criança que quer e exige as coisas porque sempre consegue o que quer. Se uma criança depois de um ataque ou uma birra consegue o que quer, algo está errado na sua educação e no comportamento dos seus pais. Uma criança caprichosa será invejosa, ciumenta e exigirá coisas seja o que for. 

Mas, ser caprichoso traz consequências negativas para quando a criança começar a crescer e a ter que amadurecer porque terá baixa tolerância à frustração e não saberá enfrentar as dificuldades da vida, porque já desde pequenos eles conseguiram tudo o que quiseram, mas a realidade da vida não é essa. Por isso é tão importante educar as crianças para que não se tornem caprichosas.

Os caprichos não são necessidades das crianças

como-educar-crianças-caprichosas A 

Isso é muito importante ensinar à criança, porque não é a mesma coisa um capricho do que uma necessidade e as crianças caprichosas podem confundi-lo. Não é a mesma coisa querer um brinquedo ou algo que quer que lhe comprem porque as outras crianças o têm, do que a necessidade de uma roupa que necessite para vestir pela rua, uma cama para dormir, comida para poder estar alimentado ou material escolar para a escola.

Mas, não é apenas o seu filho que deve saber o que é um capricho e o que é uma necessidade. Os pais também devem sabê-lo para poder transmiti-lo e não ceder diante dos seus caprichos desnecessários. 

Ensinar a criança a valorizar o esforço 

Além disso, quando uma criança tem um capricho, antes de ceder a ele, ela deve aprender a valorizar as coisas com o esforço. Caso ela queira algo novo como um brinquedo ou calças de marca, os pais terão que condicionar esse capricho, por exemplo, se ela tirar boas notas no final do trimestre ou se for capaz de fazer uma tarefa doméstica extra (digo extra porque não tem que receber prêmios por fazer algo que faça parte da sua responsabilidade, isso deve tê-lo como algo que deve fazer como membro da casa) como tirar o lixo durante um mês. 

Outros conselhos na educação das crianças caprichosas 

Além disso, existem alguns conselhos que devem estar presentes no dia a dia da educação dos filhos para evitar que se convertam em crianças caprichosas desde que são bem pequenas. Tome nota!  

1. Impor normas e limites desde que são pequenos para que saibam o que devem e o que não devem fazer. Não há que esperar que a criança cresça para impor os limites. É melhor fazê-lo desde que são bem pequenos para que comece a entender logo e interiorizem com mais facilidade. Por exemplo, comprar chocolate ou doces somente aos domingos ou em dias especiais. 

2. Buscar alternativas ao capricho. Isso serve, sobretudo quando as crianças são pequenas e consiste em buscar alternativas que não responda ao seu capricho para distraí-la e fazê-la esquecer que quer algo. Além disso, a alternativa não tem por que ser algo material. Às vezes passar um momento no parque é a melhor solução. 

3. Os pais deverão andar em acordo e agir na mesma linha. Não é bom que a mamãe lhe negue um capricho e que o papai lhe conceda tudo. Se um cede diante dos caprichos a criança o utilizará sempre em seu benefício. 

María José Roldán

Mestre e Psicopedagoga