Quando e por que deveríamos tirar o bebê da creche

Tiro o meu filho da escola infantil?

Vilma Medina

Vilma Medina

Quando as crianças vão à escola infantil os primeiros dias a gente fica surpreso em ver os pequenos encantados em passar o dia brincando com seus novos amiguinhos. Mas, também podemos encontrar o outro lado da moeda: a criança fica ansiosa e custa em se adaptar ao novo ambiente. 

Nosso filho pode mostrar várias condutas que indicam que alguma coisa vai mal. Poderemos observar reações como chorar sem poder consolá-lo, quando os pais vêem o seu filho experimentar retrocessos no seu desenvolvimento como, por exemplo, um passo atrás no controle de esfíncteres, mudanças de comportamento, de repente se torna muito independente da sua figura de apego ou problemas no sono. 

Devo tirar o meu filho da creche?

quando-e-por-que-deveríamos-tirar-bebê-creche A 

Quando tirar o bebê da escola infantil. Espere, não o troque de creche por enquanto. Quando a criança tem esse tipo de comportamento é conveniente que os pais analisem a situação e questionar se a escola infantil que tenham escolhido é a adequada para o seu filho. 

O primeiro passo que os pais devem dar é falar com os educadores e com o diretor do centro educacional para buscar uma solução entre todos. Para isso, o mais importante é que os pais estejam confiantes e mantenham uma atitude positiva, já que é o que transmitirão à criança. Portanto, é necessário não ter uma atitude negativa em relação à creche

Algumas idéias para buscar soluções são: 

- Pedir ao educador que durante algum tempo preste uma atenção extra, para que a criança tenha uma maior sensação de segurança. Outra maneira é que escolham um educador específico. 

- Você pode pedir à creche que te deixem observar a criança sem que ela o veja. Assim, você poderá comprovar em primeira mão o que pode estar acontecendo e assim poder tomar uma decisão mais clara. 

- É possível experimentar para reduzir as horas que a criança passa no centro educacional. Durante uma temporada levar-lhe somente umas horas para poder ir se adaptando de uma maneira mais tranquila. 

Se isso não funciona e os problemas perduram e se tornam mais sérios, nós teremos mais razões para não continuar na creche

Quando tirar o bebê da escola infantil 

Os responsáveis em oferecer aos filhos um lugar onde estejam felizes são os pais. Portanto, se não houver solução depois de tentar de tudo se buscará alternativa que pode ser a mudança de creche

Outra coisa a ser levado em conta que nem todas as crianças amadurecem ao mesmo tempo, e se a criança inicia numa creche quando ainda não está preparado para se adaptar ao grupo é provável que não se sinta feliz e a confiança em si mesmo diminua. Nesses casos é melhor tirá-la e esperar que passem uns meses para levá-la de volta à creche quando estiver preparada para desfrutar da instituição. 

Borja Quicios

Psicólogo educativo

Morder na creche. As mordidas dos bebês e crianças

Morder na creche. As mordidas dos bebês e crianças

Morder na creche, de vez em quando, faz parte do desenvolvimento normal da criança, mas quando o bebê ou a criança o faz de forma persistente, pode ser motivo de preocupação, tanto para os pais como para os educadores.

Tomara que o meu filho não fique doente na creche

Tomara que o meu filho não fique doente na creche

Muitas mães nos confessam que já estão cansadas, que quando levam o seu filho à escola ou creche, eles começam a ter catarros, resfriados e gripe. E acabam se contagiando com toda sorte de vírus possíveis.

Síndrome da creche ou das constantes doenças do bebê

Síndrome da creche ou das constantes doenças do bebê

Durante os meses de outono e inverno, as creches se convertem num celeiro de vírus e bactérias. Não importa a higiene e limpeza que as encarregadas se esmeram e mantenham, porque as bronquites, gastrenterites, faringites e tantas outras ‘ites’ se acampam nesses locais e vão pulando de um bebê para o outro sem dar tréguas. Essas enfermidades constantes é conhecida como Síndrome da Creche.

O momento ideal de levar o bebê à escola infantil ou a creche

O momento ideal de levar o bebê à escola infantil ou a creche

Qual é o momento ideal para deixar o seu bebê na escola, creche para que possa, depois de período de baixa por maternidade, voltar ao trabalho: Aos dois anos é muito cedo? Com que idade é recomendável levar pela primeira vez a criança à creche? Essa é a grande preocupação de muitas mães que se perguntam se é conveniente deixar o seu bebê na creche antes dos dois anos. Por motivo de trabalho, e em outros, por facilitar às crianças uma melhor adaptação à escola, o início da creche é cheia de dúvidas.

Quem cuida do bebê quando a mãe volta ao trabalho

Quem cuida do bebê quando a mãe volta ao trabalho

Chegará um momento em que a licença maternidade chegue ao seu fim e tenha que reincorporar ao trabalho. Existem mamães que estão desejando que chegue esse momento e dar um pouco de normalidade na sua vida, enquanto que outras desejariam alongar um pouco mais a licença maternidade. Seja como for, é o momento de tomar algumas decisões em relação ao cuidado do bebê.

Babá ou creche para o cuidado do bebê

Babá ou creche para o cuidado do bebê

Depois dos mais ternos quatro meses da sua vida em que pôde cuidar de cada detalhe do seu bebê recém-nascido, agora chega o mais complicado: decidir com quem o pequeno ficará durante o tempo em que estive trabalhando. Você não tem nenhum familiar, nenhum avô ou avó próximos que pudesse tomar conta do pequeno, e as únicas alternativas que você vê ou é matriculá-lo numa creche ou ficar aos cuidados de uma babá em casa.

0 comentarios