Como o orgasmo muda após o parto

A mulher tem orgasmos diferentes após ter dado a luz?

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O corpo da mulher muda constantemente desde o momento em que se concebe um filho. As alterações físicas e emocionais que a futura mamãe vive são muito grandes, e não serão visíveis somente durante a gravidez, mas também após o parto haverá diferenças também no plano sexual. 

As relações sexuais na gravidez

como-o-orgasmo-muda-após-o-parto A 

Ainda que seja um mito que o sexo durante a gravidez acelere para que a mulher entre em trabalho de parto, existem outros benefícios de ter relações sexuais antes do bebê nascer

Tudo dependerá da libido de cada gestante, já que varia de acordo com a pessoa, mas o certo é que tem aspectos positivos, como o fato de que favoreça os músculos da vagina, o que pode fazer com que a futura mamãe se sinta sensual e desejada. Normalmente, o pico da libido acontece no segundo trimestre de gestação, já que no primeiro os incômodos podem freiá-lo, e no terceiro o próprio volume da barriga e a sensação de cansaço e peso pode fazer com que diminua a vontade pelo sexo. 

Os orgasmos após dar a luz

Mas, muito além da sexualidade na gravidez, para muitas mulheres é importante saber o que muda na sua vida sexual uma vez em que se tornaram mamães. É verdade que os orgasmos são diferentes? Em muitos casos, a sexualidade é diferente, uma vez que se produza o parto, já que os músculos vaginais podem ficar debilitados se o parto for muito recente. 

Por outro lado, não acontece em todos os casos, mas algumas mulheres podem ter problemas para alcançar o orgasmo quando acabam de ser mamães, ou inclusive podem chegar a ser dolorosos, caso se trate de um parto vaginal. No entanto, com o tempo a vida sexual volta à normalidade. 

Marta Marciel

Redatora de GuiaInfantil.com