Técnicas de estudo para alunos do primário com TDAH

Normas de estudo para crianças com déficit de atenção com hiperatividade

Vilma Medina

Vilma Medina

Muitas crianças hiperativas não aproveitam tudo o que deveriam na escola devido ao seu déficit de atenção e impulsividade que lhes dificultam e atrapalha o aprendizado. Problemas que se observam quando lêem, escrevem, realizam operações matemáticas ou devem memorizar. São crianças desorganizadas, que se esquecem de anotar os deveres na agenda ou inclusive pegar o livro que devem estudar para a prova do dia seguinte. Para ajudá-las é imprescindível criar bons hábitos de estudo e proporcionar-lhes algumas técnicas corretas de estudo. 

Hábitos de estudo para crianças com TDAH

técnicas-de-estudo-para-alunos-tdah A

- Criar o hábito de estudo no lugar mais adequado. Procurar que seja sempre o mesmo lugar e o mais tranquilo da casa, livres de distrações onde só deve dispor do imprescindível para realizar os deveres e estudar. Nada de computadores, videogames ou brinquedos que as distraiam.  

- Equilibrar as horas de estudo e brincadeiras ou lazer. Em função da idade que tenha fixaremos a quantidade de tempo que deve investir na realização dos deveres e estudo. 

- Fixar e planejar os horários de estudo. 

- Treinar a criança em auto-instruções. É importante que lhes preparemos uma ficha com auto-instruções que deverão ler sempre antes de começar o seu estudo diário. Pode ser do estilo: 

1 – Preparar a mesa para que esteja com todo o material necessário. 

2 – Eu vou precisar de um lápis, borracha, apontador, livro, caderno e agenda. 

3 – Reviso a agenda com os deveres, exercícios e trabalhos que devo apresentar. 

4 – Decido que deveres vou fazer, que matéria vou estudar e o que tenho que preparar para o dia seguinte. 

5 – Terminarei repassando e dando uma geral e preparando a mochila para o dia seguinte.  

Essa técnica é muito útil não apenas para organizar o estudo, mas também para resolver problemas matemáticos ou melhorar a compreensão leitora. 

- Dividir as tarefas em subtarefas. Devido ao seu déficit de atenção e à sua necessidade de movimento constante vamos tentar dividir o trabalho em pequenas partes. É melhor que realize pouco trabalho e que descanse com frequência do que tentar que termine tudo de uma só vez. As crianças com TDAH começam a cometer erros a partir dos 6 minutos de atenção concentrada.  

- Motivar o estudo valorizando e animando cada pequeno passo. 

- Comprovar o seu trabalho. A criança com TDAH deve repassar todas as tarefas que tem realizado e comprovar que não tenha se esquecido de nada, seja nos exercícios que deve entregar como o assunto a estudar. 

Algumas técnicas específicas:

- Técnicas para melhorar a compreensão leitora. Ensinaremos-lhes uma metodologia para melhorar sua compreensão leitora chamada EPLER (Examina, Pergunta, Esquematiza, Resume, Repassa). 

- Técnicas para melhorar a realização de problemas matemáticos. Em função das dificuldades que a criança apresente podemos aplicar as seguintes técnicas: auto-instruções (ler devagar e anotar a informação à medida que apareça) e representação gráfica do problema (desenho).  

Essas são algumas das técnicas de estudo que os pais de crianças com TDAH podem aplicar com o filho se quiserem ajudar-lhes a ter melhores resultados acadêmicos. Com constâncias, esforço e muita paciência verão como seus filhos vão melhorando dia a dia. 

Sara Tarrés

Psicóloga Infantil

Exposição ao tabaco e ao chumbo: mais crianças hiperativas

Exposição ao tabaco e ao chumbo: mais crianças hiperativas

O tabaco, durante a gestação e amamentação, pode provocar casos de morte súbita nos bebês, problemas respiratórios, câncer e outras doenças congênitas, mas a exposição dos bebês ao tabaco, multiplica as possibilidades que a criança sofra de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

Decálogo sobre a Hiperatividade Infantil

Decálogo sobre a Hiperatividade Infantil

O TDAH está adquirindo cada vez mais relevância entre a população, mas, às vezes, as informações que aparecem sobre ele não são de todo certas e podem chegar a confundir ou desorientar. Somente 4% respondem corretamente quando perguntado sobre o TDAH.

Alunos hiperativos

Alunos hiperativos

Especialistas em psicologia recomendam utilizar indicadores visuais (cartazes, post-it, listas) e auditivos (relógios, marcadores de tempo, gravações) e estruturar fisicamente a aula, o tempo, os hábitos e as rotinas, o material e as tarefas para controlar os estímulos dos alunos hiperativos nos centros escolares.

A hiperatividade não é uma doença

A hiperatividade não é uma doença

Os especialistas insistem em que a hiperatividade não é uma doença. O seu diagnóstico se baseia apenas na observação do comportamento da criança, de condutas como a falta de atenção, a distração, impulsividade, desobediência e problemas de adaptação social, que são consideradas anormais e inapropriadas.

Dez estratégias para professores de crianças TDAH

Dez estratégias para professores de crianças TDAH

O transtorno por déficit de atenção com hiperatividade é o nome clínico que recebe o problema que sofrem as crianças e adultos que mostram dificuldade para manter a atenção, além da impulsividade e hiperatividade. As crianças TDAH têm mais dificuldades que as demais para controlar o seu comportamento, para organizar suas tarefas ou inclusive finalizá-las.

0 comentarios