Ser uma mãe carinhosa não torna os filhos malcriados

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Existem mães de muitos tipos: mães protetoras, conselheiras, permissivas, preocupadas, exigentes... Mas, também existem mães leves e também carinhosas, ou as chamadas ‘mães beijoqueiras’. 

Essas últimas (as mães beijoqueiras) são muito criticadas. Muitas outras mães as criticam por estar o tempo todo em cima dos seus filhos. No entanto, os especialistas mostram que os benefícios de ser uma mãe carinhosa (que não é o mesmo que permissiva). A gente mostra pra você. 

7 benefícios de ser uma mãe carinhosa

ser-uma-mãe-carinhosa A

Com frequência, a pressa, a correria e o estresse do dia a dia nos faz esquecer do mais importante: amar. E mais: demonstrar que se ama. Um abraço e um beijo diário nos nossos filhos deveriam ser tão importantes como um bom café da manhã. Ou não? Os psicólogos defendem a importância de demonstrar carinho aos filhos e lembram que o carinho não os torna malcriados, mas sim a falta de limites e disciplina. As mães carinhosas conseguem:

1. Fortalece o vínculo com seus filhos: Nada como o carinho para fortalecer o vínculo entre mães e filhos. Existirá maior confiança da criança em relação aos seus pais, o que beneficia a educação. Uma criança que confia nos seus pais será mais obediente e acatará as normas e os limites com menos problemas. 

2. Melhora a autoestima dos filhos: Uma criança que se sente amada constantemente se sente mais segura. Excesso de carinho nunca faz mal. O que realmente torna uma criança prepotente e com a autoestima demasiadamente alta é a falta de limites. 

3. A criança se sente protegida: O carinho da mãe faz com que seu filho se sinta realmente protegido contra as adversidades. Isso lhe dá força e aumenta sua autoestima. Que adulto não se sente indestrutível quando está apaixonado? Uma criança, ao se sentir realmente amada, sente que tem mais força par enfrentar os obstáculos que possam aparecer ao longo do seu caminho. 

4. Melhora a comunicação: Uma criança que se sente amada não tem problemas na hora de falar com sua mãe de qualquer assunto. Beneficia e melhora a comunicação e isso repercute positivamente em sua educação. 

5. Ajuda a criança a ser mais extrovertida: As mães carinhosas conseguem que seu filho vença o medo e a timidez na hora de se relacionar com os demais. Está comprovado que as crianças mais extrovertidas e com menos medo da rejeição são aquelas em cujos lares existem constantes mostras de carinho. 

6. Melhora sua inteligência emocional: quem é mais inteligente, a criança que tira melhores notas ou a que é capaz de gerenciar suas emoções e utilizá-las em seu favor? A inteligência emocional torna uma criança feliz. A outra inteligência simplesmente lhe faz ter um bom currículo. Uma mãe carinhosa ajuda ao seu filho a gerenciar melhor suas emoções e a tolerar melhor a frustração. 

7. Serão carinhosas com os outros: As mães carinhosas conseguirão que seus filhos sejam mais empáticos com os demais e mostrem mais carinho pelos seus companheiros. Terão menos problemas na hora de expressar suas emoções. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com