Como conservar melhor as vitaminas nos alimentos

Como criar uma dieta equilibrada para as crianças

Muitas vezes acreditamos que ao fornecermos uma dieta equilibrada aos nossos filhos estamos aportando todas as vitaminas e nutrientes necessários para o seu crescimento. No entanto, as vitaminas são algo muito frágil e se não soubermos cozinhar ou conservar adequadamente os alimentos os valores nutritivos se perderão e estaremos dando aos nossos filhos um alimento vazio. 

A luz, o calor e o ar fazem com que muitas vitaminas, especialmente a C, B6, B12 e o ácido fólico desapareçam dos nossos produtos. A gente te explica o que fazer para conservar as vitaminas nos alimentos

Idéias para preservar as vitaminas nos alimentos que comemos

como-conservar-melhor-as-vitaminas A 

1 – Compre produtos mais frescos: Quando mais tempo o alimento passe do momento da colheita menos vitaminas terão. 

2 – Consuma-os rápido: Você não deve conservá-los muito tempo antes de consumi-los e se possível na geladeira, já que as temperaturas superiores a 20 graus podem destruir as vitaminas. 

3 – Compre conservas ou congelados: Se não puder consumir alimentos frescos, melhor que estejam em conserva. Ainda que não sejam muito recomendáveis pelos conservantes que levam, esses mesmos conservantes fazem com que as vitaminas durem muito mais do que os alimentos que estão na geladeira ou câmaras frigoríficas por muito tempo. Outra maneira de conservar quase todos os nutrientes é comprar alimentos ultracongelados. 

4 – Utilize recipientes herméticos e opacos: Eles serão preservados dos germes e da luz. Uma dica é acrescentar um pouco de azeite de oliva à carne para criar uma película protetora. 

5 – Melhor, alimentos crus ou ao vapor: As frutas e verduras sempre é melhor comê-las cruas, sem cortar ou cozidas no vapor. Quando você vier a fervê-las coloquem em pouca água, quando tenha começado a ferver, tampe-as. Use a água que sobrou para fazer um caldo que é onde deve estar a maioria das vitaminas. 

6 – Cozinhe o menor tempo possível e em baixa temperatura: As carnes e peixes é melhor fazê-los no forno ou em papel alumínio. Use o microondas para cozinhar. No microondas você usa pouca temperatura e os tempos são menores. Os alimentos fritos devem ser rápidos e o óleo muito quente para que se crie uma crosta ao redor e as vitaminas não escapem. Tão pouco é ruim usar a panela de pressão. 

7 – Não espete as verduras: Por esses buraquinhos os nutrientes se perdem mais rapidamente. 

8 – Tomar os sucos assim que os fizer: Cada minuto conta especialmente os cítricos. 

9 – Descongele lentamente: Procure fazê-lo à temperatura ambiente ou no microondas e nunca debaixo de água corrente, pois perde grande parte dos nutrientes. 

10 – Só aqueçam o que vão comer: Cada aquecimento faz com que os nutrientes vão desaparecendo.   

11 – A fruta sem cortar nem descascar: Ao cortá-las você as expõe ao ar e as vitaminas se oxidam mais rapidamente, além disso, é na casca que estão a maior parte delas. Assim que você não tem outro remédio do que cortá-las. Tente não perder a parte mais grudada à casca. 

Patricia Fernández

Redatora de Guiainfantil.com

  • 10 dicas para criar uma criança saudável
    10 dicas para criar uma criança saudável

    Se você quiser que o seu filho cresça de forma sadia você deve cuidar da sua alimentação e também, como não, do seu estado emocional. A gente te dá uma série de conselhos para que ajude ao seu filho a crescer de forma equilibrada e possa evitar futuros problemas de saúde.

    • Os pais devem estar conscientes do que os seus filhos comem
      Os pais devem estar conscientes do que os seus filhos comem

      Os bons hábitos com a comida devem começar a ser inculcados nas crianças desde as primeiras etapas e desde casa. Controlar tudo o que os nossos filhos comem não é fácil, por isso é importante que, desde muito pequenos, a gente consiga inculcar costumes saudáveis de alimentação.

0 comentários