Leite de soja para crianças: vantagens e desvantagens

O bom e o ruim do leite de soja para as crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O leite de soja é um produto que se produz a partir dos grãos de soja. Contribui com proteínas similares ao leite de vaca e difere no perfil de aminoácidos; além disso, contribui com Vitamina E, ácidos graxos Omega 3 e não contém colesterol.

O leite de soja é bem tolerado em crianças que têm intolerância à lactose, ainda que também existam outras opções de leites vegetais (aveia, arroz, amêndoas, avelãs) ou leite de vaca sem lactose. 

Desvantagens do leite de soja para crianças

leite-de-soja-para-crianças A 

- O cálcio naturalmente presente no leite de soja é de baixa disponibilidade (isso significa que o aporte, absorção e utilização do cálcio no organismo é menor); por isso, encontraremos geralmente essas bebidas fortificadas com cálcio. 

- A bebida contém fitatos; essas substâncias que existem em outros alimentos (legumes, frutos secos) e reduzem a absorção de cálcio e outros minerais. Para enriquecer a alimentação da criança com cálcio a gente pode utilizar outros tipos de alimentos (vegetais de folhas verdes, frutos secos e legumes). 

- O leite de soja contém isoflavonas; são fitoestrógenos os quais têm ação estrogênica por isso é discutido o seu uso durante a infância. No momento não existem exames concludentes em populações infantis que demonstrem que as isoflavonas da soja na alimentação infantil possam afetar negativamente no desenvolvimento sexual das crianças. 

Vantagens do leite de soja para as crianças 

- É uma boa alternativa para crianças com intolerância à lactose

- Contém ácidos graxos Omega 3, bons para o cérebro, para a pele e para o coração. 

- Não contém colesterol. 

Quando as crianças podem consumir o leite de soja? 

Durante os 6 primeiros meses o leite materno deve ser o único alimento, logo se deve continuar com o aleitamento acompanhado de sólidos durante os primeiros 12 meses. 

O leite de soja não é uma alternativa válida antes de um ano de idade, ainda que se possa optar durante o primeiro ano pelas fórmulas infantis à base de soja

Paola Andrea Coser

Nutricionista