10 características comuns de pais de filhos de sucesso

Como são os pais de crianças que terão mais êxito no futuro

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

É possível educar crianças exitosas? Não há nenhuma receita que assegure 100%, no entanto, os pais podem ajudar com que seus filhos consigam suas metas e se tornem adultos brilhantes, pelo menos é o que diz a psicologia. 

Segundo os especialistas, as crianças que se destacam das outras, que podem fazer bem tudo aquilo que se propuseram têm pais que estão direcionados por um mesmo padrão. A gente te conta que coisas você pode fazer para colaborar no sucesso dos seus filhos. 

Como são os pais de crianças com êxito

10-características-de-pais-filhos-sucesso A

1. Não fazem as tarefas dos filhos: as crianças têm de aprender que para que o trabalho esteja feito elas têm que colocar mãos na obra. As crianças que colaboram nas tarefas de casa, as que aprendem a fazê-las e as terminam, elas se esforçam mais, lutam para conseguir seus objetivos e são mais empáticas porque sabem como custa fazer as coisas. 

2. Ensinam aos seus filhos habilidades sociais: a capacidade de socializar, de ser útil para os outros, de entender os sentimentos, de empatizar e cooperar com seus companheiros, são mais propensos em conseguir um título universitário e ter um trabalho estável no futuro do que aqueles que têm habilidades sociais mais limitadas. 

3.Têm altas expectativas nos seus filhos: o que os pais esperam dos filhos têm grande impacto sobre eles. É o ‘efeito camaleão’, ou seja, o que uma pessoa espera da outra pode servir para guiá-la e predizer o seu futuro. Se acreditarmos nos nossos filhos e os conseguirmos mostrar isso, eles se sentirão mais motivados para conseguir seus objetivos. 

4. São pais com altos níveis educativos: os estudos demonstram que os filhos de pais que tenham terminado o ensino secundário são mais propensos a ter filhos que farão o mesmo e melhor. 

5. Estimulam aos seus filhos no aprendizado da matemática: uma pesquisa da Universidade North Western Greg Duncan afirma que o ensino precoce da matemática é uma vantagem para as crianças, já que o domínio das habilidades matemáticas ajuda a adquirir inumeráveis destrezas, entre elas a leitura. 

6. Não são superprotetores: a hipercriação ou superproteção é contraproducente e não ajuda a criança a desenvolver suas próprias aptidões e habilidades para enfrentar os desafios da vida. 

7. Estimulam o vínculo com seus filhos: os psicólogos explicam que os pais que atendem aos seus filhos com sensibilidade, atenção e segurança lhes ajudam a que tenham relações futuras mais saudáveis e duradouras. 

8. Não estão muito estressados: o estresse dos pais afeta aos filhos e produz um efeito contagioso. Esse estresse, frustração ou esgotamento dos pais pode ser imitado e adquirido pelos filhos impedindo-os de serem mais felizes. 

9. Não se abalam diante do fracasso: os pais de filhos que terão mais êxito assumem os erros e os entendem como um desafio para crescer e fazê-lo melhor em outras ocasiões. Não exercem se fazem de vítimas, são resistentes e lutadores. 

10. As mães trabalham: segundo a Escola de Negócios de Harvard, as crianças que crescem com mães que trabalham fora de casa têm mais propensão a ter trabalhos de supervisão e ganham 23% mais do que seus companheiros criados por mães donas de casa. 

Fonte: Independent

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com