Por que os meninos respondões terão mais êxito

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O seu filho é dos que te respondem por tudo? Ele custa obedecer às normas? Ele tenta rebater tudo o que você diz a ele? Ele te pede constantemente para discutir as ordens que você dá a ele? Parabéns! Você tem um filho fadado ao sucesso. Não acredita? 

Talvez o seu filho seja um ‘rebelde sem causa’ que torna a sua vida muito difícil, mas, segundo os especialistas isso, longe de ser um problema é uma virtude: o seu filho está galgando um futuro promissor e exitoso. 

As crianças contestadoras serão adultos com êxito

por-que-os-meninos-respondões-terão-êxito A 

Muitos psicólogos passam o dia nos dizendo como controlar a personalidade forte de algumas crianças, como domar aos mais rebeldes, ou como conseguir que sejam obedientes e submissos... Longe dessa vertente se encontram alguns estudos que vêm dizer a todos esses pedagogos que não percam o seu tempo tentando dar uma fórmula mágica para domar as crianças que contestam muito. 

De fato, segundo esses outros psicólogos, as crianças contestadoras têm muito mais sucesso quando adultos do que as crianças obedientes e submissas. Por quê? 

7 razões por que as crianças respondonas terão mais êxito 

1. Aprendem a estabelecer seus limites pessoais. Um dos grandes problemas de muitos adultos é a incapacidade de dizer NÃO. Estabelecer limites e prioridades pessoais é uma necessidade, mas muitas pessoas são incapazes de fazê-lo. As crianças desde muito cedo se exercitam e marcam com clareza o que querem e o que não querem e não terão problemas para fazê-lo quando crescerem. 

2. Elas se sentem mais livres e são mais sinceras. As crianças mais obedientes são também as mais submissas e as mais conformistas. As crianças menos conformistas têm um amplo sentimento de liberdade. Elas necessitam expressar suas idéias, e também o que sentem. São mais sinceras e serão adultos com uma grande capacidade para ‘vender idéias’. 

3. Incentiva o pensamento crítico. Sem dúvida, ‘ir contra as normas’ desenvolve o pensamento crítico. Rebelar-se contra algo implica também em buscar uma alternativa. Por que eu não quero fazer isso? Por que eu não gosto dessas normas? As crianças também têm suas opiniões e estão no seu direito de expressá-las. 

4. Aprendem a negociar. Muitas crianças ‘respondonas’, na verdade o que estão tentando aprender é negociar, só que ainda não sabem fazê-lo. Seguramente, com o tempo se darão conta de que é melhor não enfrentar mediante gritos aos seus pais, mas buscar uma alternativa para conseguir seus desejos. São crianças muito inteligentes que buscam o melhor caminho para conseguir seus objetivos. 

5. Serão mais valentes. Alguém que não se amedronta diante da autoridade e que é capaz de enfrentá-la se acredita que estão no caminho correto. É alguém valente que não tem medo de tomar decisões arriscadas se acredita nelas. 

6. Serão adultos que sabem o que querem. Para ter êxito você deve acreditar em si mesmo. E no seu projeto. E, é claro, você deve ter muito claro o que quer e que caminho você deve seguir. O esforço e a perseverança farão o resto. As crianças que tendem a responder mais aos seus pais podem ser crianças ‘cabeça dura’, com as idéias muito claras e que sabem o que querem e quando o querem.

7. Serão menos dependentes. As crianças mais ‘rebeldes’ são mais independentes. As que querem fazer tudo por si mesmas, sem ajuda. São mais autônomas. Isso é um grande valor para o seu futuro, ainda que em excesso, possa provocar problemas de prepotência ou incapacidade para pedir ajuda quando a necessitem. 

Na realidade, ser uma criança respondona não é um problema. O problema está em como responde. Evidentemente, sempre haverá limites que não devemos deixar que a criança ultrapasse. O mais importante é o respeito aos pais. Deixe que o seu filho expresse sua inconformidade diante das coisas, mas sempre com respeito à autoridade dos pais

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com