Causas, sintomas e tratamento do Zika vírus

Quais são os sintomas do Zika vírus e como é o tratamento

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Você conhece o Zika vírus e que ele é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e que pode causar microcefalia em recém-nascidos? O Zika vírus não é novo. Já foi detectado pela primeira vez na Uganda em 1947, ainda que nos últimos anos tenham se detectado um aumento de casos assustador de pessoas infectadas. 

Brasil, Colômbia, México, Chile ou El Salvador são alguns dos países onde têm crescido assustadoramente o número de infectados pelo Zika vírus, e, em alguns deles existe um alerta de saúde. Implica, sobretudo num risco para as gestantes, já que o vírus está relacionado com casos de microcefalia em recém-nascidos.  

Causas do Zika vírus

causas-sintomas-e-tratamento-zika-vírus A 

O Zika vírus é causado pela picada do mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue e a chikungunya. Quando o mosquito portador pica uma pessoa, a infecção infecta as células que estão próximas da picada e depois se estende aos gânglios linfáticos e ao sangue. 

Outra forma de transmissão é através da placenta, de tal maneira que se o mosquito pica uma gestante, a infecção pode passar ao bebê e provocar más formações como a microcefalia. 

Além disso, já foram descritos alguns casos cujo contágio aconteceu através de transmissão sexual e acredita-se que também pode ser possível infectar através de uma transfusão de sangue. 

Este mosquito está atualmente espalhado por grande parte da América Central e América do Sul, ainda que já se tenham descritos casos isolados em outros países. 

Sintomas do Zika vírus 

O sintoma mais comum é a febre, que pode se dar por volta dos 38,5ºC. Também se acompanha dores articulares e musculares, cansaço generalizado, manchas vermelhas, vermelhidão dos olhos ou conjuntivite, vômitos ou diarréia. 

Não parecem sintomas muito graves se compararmos com outras doenças que convivemos habitualmente, tanto é assim que se acredita que 80% dos infectados não chegam a estar conscientes da infecção, já que não desenvolvem sintomas. No entanto, as complicações dessa infecção se dão quando o contágio acontece durante a gravidez, já que se associa com más formações no bebê como a microcefalia, uma doença neuronal que faz com que o bebê tenha um perímetro cefálico inferior ao padrão

Tratamento do Zika vírus 

Não existe vacina para prevenir a infecção pelo Zika vírus. Os especialistas recomendam repouso relativo, paracetamol para aliviar as dores ou algum antitérmico para a febre e beber abundante líquido para evitar a desidratação. 

Atualmente, o tratamento que recomendam os especialistas é a prevenção, como não deixar água parada em pneus, vasos de plantas, calhas, caixas d’água (sem proteção) e qualquer outro recipiente que possa acumular água e servir de criadouro para o mosquito. Além desses cuidados, recomenda-se o uso de repelentes e colocar telas nas portas e janelas e utilizar o mosquiteiro

No caso de pessoas já infectadas se recomenda usar preservativos para evitar contagiar a outra pessoa por meio de transmissão sexual. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com