Os alimentos mais rejeitados pelas crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Por que será que todas as crianças olham para um espinafre e fazem cara de nojo? A situação se repete com as acelgas, alcachofras, alho-poró ou ervilhas. São poucas as crianças que parecem aceitar sem problemas as verduras, as outras se mostram insatisfeitas e dão trabalho para comê-las.

As crianças preferem rejeitar as refeições que não gostam. Muitas travam verdadeiras batalhas para não comer um prato de verdura. 

Os alimentos mais odiados na infância

os-aliementos-mais-rejeitados-crianças A

Uma recente pesquisa sobre hábitos alimentares realizada no Brasil mostrou que as verduras (alface, espinafre, brócolis, berinjela...) são os grandes inimigos das crianças. Tanto é assim que aproximadamente 75% delas dizem não gostar. Os legumes vêm em seguida com 66% de crianças que se mostram reticentes em comê-los. Estou segura que o dado é estendido a todos os países do mundo, com raras exceções.

As razões que as crianças deram era porque não gostavam nem do seu aspecto nem do seu sabor. Algumas crianças declaravam que esses alimentos eram amargos. 11% agregaram a essas razões, que eram alimentos difíceis de mastigar.

Você sabe qual é a reação das crianças diante de um prato de comida que não gosta? Segundo esse estudo, 46% das crianças ‘pulam’ o café da manhã, 20% o almoço e 23% a janta. Qualquer desculpa é boa para isso: ‘não tenho fome’, ‘minha barriga tá doendo’, ‘já comi na escola’.

Este grande campo de batalha que são as verduras e as frutas tem contra ele um ganhador. Quais os alimentos que vocês mais gostam? As crianças têm isso muito claro na mente: massas (macarrão, pizza, lasanha) e pão. 96% das crianças afirmaram que gostavam desses alimentos. 

Dicas para que as crianças comam verduras

Não é uma novidade que para muitas crianças um prato de verdura lhe amargue o dia, mas o que os pais podem fazer para que esses alimentos possam fazer parte da sua dieta? O que podemos fazer? 

- Se eles gostam de massas, a gente pode aproveitar para elaborar novas comidas introduzindo as verduras, por exemplo, uma pizza de abóbora, espaguete com champignon ou uma salada de macarrão parafuso com verduras.

- Uma das queixas que as crianças dão diante de um prato de verduras é o seu sabor amargo, mas, no entanto, nem todas as verduras são amargas como o milho, a abóbora, ervilhas ou cenoura.

- Encher o prato da criança com verduras e obrigá-la a comê-las é um erro. A gente pode colocar um pouquinho como guarnição.

- Começar a introduzir as verduras e legumes desde a mais precoce idade é muito importante. Outra coisa também é a criança, desde cedo vir seus pais comendo esses alimentos com prazer e com cara de quem gosta muito.

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com