Pais tóxicos que podem destruir seus filhos

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Custa muito para eu acreditar que possa existir um pai ou uma mãe assim, mas existe, é claro. São pais ou mães que constantemente minam constantemente a integridade física e moral dos seus filhos. São conhecidos como pais tóxicos. 

Os pais tóxicos não oferecem amor e segurança aos seus filhos. Não amam aos seus filhos, mas querem usufruir deles. E são capazes de destruí-los pouco a pouco. Mas, quer saber como identificá-los? 

9 características dos pais tóxicos

pais-tóxicos-que-podem-destruir-seus-filhos A 

Os pais tóxicos se antepõem constantemente seus interesses aos dos seus filhos, não se preocupam com sua educação e utilizam seus próprios filhos para projetar seus problemas e inseguranças. Como reconhecê-los? 

1. Agridem aos seus filhos física e psicologicamente. Utilizam o castigo físico e o castigo psicológico de forma indiscriminada. São os pais que dizem aos seus filhos constantemente que não valem nada. 

2. Utilizam a crítica destrutiva. Trata-se de críticas que só servem para humilhar ao filho, cheias de conotações negativas em relação a ele. Chegam a humilhá-lo até diante dos outros. 

3. Apresentam-se como vítimas dos seus filhos. Diante dos demais, os seus filhos são rebeldes, desobedientes e maltratam aos seus pais. Muitas vezes justificam os seus atos assegurando que seus filhos são insuportáveis. 

4. São pais manipuladores. Capazes de mentir para conseguir que seus filhos façam tudo o que eles desejam. 

5. Utilizam a chantagem emocional. Por troca de pouco carinho, os filhos devem suportar o maltrato psicológico. Conseguem criar uma dependência emocional. Em alguns casos o conseguem com excesso de carinho. No pólo oposto, os pais ausentes, que dão amor aos seus filhos em conta-gotas. 

6. São pais muito exigentes. Pedem mais do que a criança é capaz de dar. 

7. São pais ditadores. Autoritários até o ponto de escolher os amigos, a(o) companheira(o) ou o futuro profissional do seu filho. Utilizam o medo para controlar aos filhos. 

8. Competem com os filhos. De certa maneira até os invejam. 

9. Usam piadas ‘pesadas’ como ataque em relação a eles para deixar-lhes em evidência constantemente. 

Consequências dos pais tóxicos nas crianças 

Evidentemente, esse tipo de pais consegue atemorizar aos seus filhos. Exercem o poder e a supremacia sobre eles de forma autoritária e exorbitante. As crianças que vivem sob a criação de um pai tóxico serão crianças com problemas de autoestima, frustradas, cheias de medos e com evidentes problemas de comportamento. 

Essas crianças quando adultas serão pessoas mais submissas, inseguras, incapazes de se comprometer, com um perturbador sentimento de culpa e com claros problemas emocionais. Ou, pelo contrário, pessoas muito rebeldes que terão tendência a repetir o padrão que vivenciaram na sua infância. 

Não é preciso ser um pai perfeito. Basta dar o que toda criança merece e necessita: carinho, segurança e bons valores para o resto da sua vida. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com