As meninas herdam a inteligência emocional das mães

Vilma Medina

Vilma Medina

Talvez a gente pense que as emoções tenham a ver com o coração. Nada mais longe da realidade. As emoções se processam em uma região do cérebro: o chamado sistema límbico ou cérebro emocional. Soa esquisito, mas é muito importante. Muito importante. 

Agora, cientistas da prestigiada Universidade de Stanford acabam de encontrar muitas evidências de que essa parte é altamente hereditária entre mães e filhas. Daí que doenças emocionais como a depressão sejam também hereditárias (em parte). 

O equilíbrio emocional das mães é transmitido às filhas

as-meninas-herdam-a-inteligência-emocional-das-mães A 

Para essa pesquisa um amplo número de neurocientistas escaneou o cérebro de 35 mães e filhas. Os resultados foram assombrosos: a ‘morfologia emocional’ das mães e filhas que participaram na pesquisa eram muito similares. 

Estudou-se em seguida o cérebro dos pais. Não havia semelhanças no campo emocional com o das filhas. Ou seja: os homens não transmitem de forma relevante a inteligência emocional aos filhos. 

O estudo foi mais além: a ‘herança das emoções’ era muito maior entre as mães e filhas que entre mães e filhos homens. 

São as filhas as que se parecerão nas suas respostas emocionais às mães. Se uma mãe sabe administrar de forma correta as emoções, sua filha seguramente o fará igual. Pelo contrário, se uma mãe é propensa aos problemas emocionais e inclusive a doenças como a dependência afetiva ou a depressão, as filhas poderão ter mais predisposição a ter esse problema. 

Por que é tão importante o equilíbrio emocional das mães para as filhas 

A forma como administramos as emoções dependerá como nos relacionamos com os outros. E de como nos relacionamos com os outros dependerá em grande medida o nosso êxito e a nossa felicidade

- Aprenderão a ser assertivos: O equilíbrio emocional ajuda, sem dúvida, a ser assertivo, a encontrar essa justa medida entre a passividade e a complacência e a prepotência e a imposição. 

- Aprenderão a solucionar os conflitos: Controlar as emoções lhes ajudarão a encontrar uma solução a um problema. Antes de perder a paciência elas buscarão encontrar uma solução a um problema. Antes de perder a paciência, raciocinarão e buscarão a melhor solução. 

A inteligência emocional é um pilar fundamental no aprendizado das crianças. E parte dela é dada pelos genes. Mas, os cientistas recordam que os bebês nascem com muitos neurônios, mas com poucas conexões neuronais. Essas irão se formando segundo as experiências vividas. Ou seja: o mais importante ao final é brindar experiências emocionais positivas nos primeiros anos de vida da criança. As respostas emocionais sempre podem ser moldadas. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

Como desenvolver a inteligência emocional das crianças

Como desenvolver a inteligência emocional das crianças

Os pais podem ensinar aos filhos como desenvolver sua inteligência emocional e a canalizar suas emoções. É importante que aprendam a se controlar e que sejam empáticos com os outros. A educação emocional faz parte da formação da criança.

A ciência demonstra que as emoções são a base do aprendizado

A ciência demonstra que as emoções são a base do aprendizado

Só se pode aprender aquilo que se ama. Dessa forma contundente conclui um estudo feito pelo neurocientista espanhol Francisco Mora (catedrático em Fisiologia Humana na Faculdade de Medicina da Universidade Complutense de Madrid). O objetivo do seu estudo era buscar a chave do aprendizado. O resultado foi surpreendente.

As notas das crianças determinam sua inteligência?

As notas das crianças determinam sua inteligência?

As crianças são muito mais que números no boletim escolar. As crianças são esforço, vontade, perseverança, emoções e uma longa lista que vai muito mais além dos números alcançados nos exames. A inteligência emocional é muito importante para que a criança se sinta feliz.

A inteligência se herda das mães

A inteligência se herda das mães

Sim. Parece uma sentença polêmica, mas a ciência afirma e confirma: a inteligência se herda da mãe. É a mãe que transmite os genes relacionados com o coeficiente intelectual. Isso significa que de mãe inteligente nascerão filhos inteligentes? Por que então uma mãe com vários filhos tem um filho mais inteligente do que outro?

Tipos de inteligência na infância

Tipos de inteligência na infância

Você sabia que existe mais de um tipo de inteligência? Quando dizemos que uma criança é inteligente, a que nos referimos? Talvez pelas suas notas boas? Como ele resolve bem os problemas que lhes são apresentados? Todas essas perguntas que vão surgindo podem ser respondidas graças à teoria das inteligências que Howard Gardner propõe.

Diferença entre uma criança esperta e uma criança inteligente

Diferença entre uma criança esperta e uma criança inteligente

Alguma vez você já se perguntou se é a mesma coisa ser esperto que inteligente, ou se realmente existe alguma diferença? E, no caso de haver diferença, o que é melhor, ser esperto ou inteligente?

0 comentarios