Por que as meninas são corajosas, mas terminam sendo medrosas

Vilma Medina

Vilma Medina

Por que será que a sociedade tende a pensar que as meninas são mais medrosas? Mais sensíveis? Mais fracas? Serão os próprios pais quem lhes fazem acreditar nisso? 

Um estudo demonstra que efetivamente os pais são os que ensinam as meninas a temer um mundo muito perigoso para elas

Educamos as meninas para que sejam medrosas

por-que-as-meninas-são-corajosas A 

Quem tem um filho homem e uma menina poderá comparar e comprovar se é certo: as meninas são mais corajosas e mais ‘sofredoras’ que os meninos, mas com o tempo se tornam mais ‘medrosas’. E tudo, porque os pais tendem a proteger mais as meninas. Por quê? 

Um estudo publicado no Journal Pediatric Psychology alerta sobre a diferente forma que temos de educar a meninos e meninas: as meninas nós avisamos desde muito pequenas sobre os perigos que as rodeiam. Nós as protegemos demais. E desde o primeiro dia lhes enviamos uma mensagem subliminar de ‘você terá mais riscos do que o seu irmão’. 

Segundo esse estudo, os pais chegam a pedir às suas filhas que tenham cuidado quatro vezes mais do que aos filhos: ‘Não suba aí porque vai se machucar’... ‘Não se junte com esses meninos porque são muito brutos’... ‘Não brigue com os meninos porque são mais fortes’. 

Isso prejudica as meninas, porque ao final evitam que se enfrentem uma série de desafios que lhes ajudarão a desenvolver habilidades básicas. Não podem enfrentar aos seus medos e a vencê-los. 

Talvez pareça uma forma arcaica de educar, mas continua existindo. Quando a menina cresce e começa a sair com seus amigos, os pais advertem dos perigos que estão presentes no mundo... 

As meninas na realidade são mais corajosas 

Se você observar as meninas nos seus primeiros anos de vida, você comprovará que não são nada medrosas. E mais: são mais valentes. Suportam muito melhor a dor, as frustrações e os temores. Por que não educá-las par que continuem sendo valentes? Como? 

- Não limite suas habilidades. Se quiser subir nas árvores, deixe que o faça. Se quiser pular, não a impeça. Pode fazê-lo da mesma forma que um menino, ainda que seja menor e pareça mais frágil. 

- Não a superproteja. Não a proteja mais pelo fato de ser uma menina. Desde o princípio ela se dará conta que seja ‘mais fraca’ que os meninos. 

- Não lhe advirta do perigo constantemente. Os pais apenas não se dão conta, mas constantemente lançam mensagens de ‘cuidado, que é perigoso’ às suas filhas. 

- Deixe que enfrente os riscos. Um risco implica em desafios, limites a serem superados. Por que deixamos os meninos e não as meninas? Deixe que ambos enfrentem os mesmos desafios. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

As preferências dos pais. Menino ou menina?

As preferências dos pais. Menino ou menina?

Não sei se é impressão minha, mas ultimamente me parece que quase todas as futuras mamães do meu meio desejam que o bebê que esperam seja uma menina. E eu me pergunto que pensamentos existem por trás desse desejo que o bebê que espera seja uma menina. É perfeitamente compreensível querer que seja uma menina quando os papais já tenham tido um menino. Conseguir um casalzinho é o ideal para a maioria dos pais.

Por que dar a luz a meninas dói menos

Por que dar a luz a meninas dói menos

Você se lembra do momento do parto? Na maioria dos casos, este sentimento é uma mescla de dor, estresse, medo e finalmente alegria. Mas, se você já teve um menino e uma menina, lembra-se se foi diferente? Segundo cientistas da Universidade e o Hospital de San Cecilio de Granada, dar a luz a uma menina dói menos do que dar a luz a um menino.

Por que custa mais dinheiro criar uma menina do que um menino

Por que custa mais dinheiro criar uma menina do que um menino

Se você tem uma filha preste atenção ao resultado dessa pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Educadores Abefin: os pais gastam 30% mais dinheiro com as meninas do que com os meninos.

Nomes raros para meninos e meninas

Nomes raros para meninos e meninas

Existem nomes que ocupam os primeiros lugares como os mais populares. Todos os anos nascem milhares de bebês que têm nomes tão frequentes como Maria, Alexandre, Jorge ou Helena. As estatísticas mostram esses nomes e outros nomes comuns como os preferidos dos pais na hora de registrar o filho. No entanto existem pais, que colocam nomes absurdos nos seus filhos.

Por que a cor rosa é de meninas e o azul de meninos

Por que a cor rosa é de meninas e o azul de meninos

As meninas vestem rosa e os meninos azul é um estilo tão estendido que muitas vezes a gente adota sem pensar duas vezes. Assim é como a moda infantil já trabalha em todo o mundo; em áreas separadas em lojas de brinquedos, lojas de roupa ou móveis infantis. É um padrão imposto e aceito por muitas pessoas sem pensar o porquê.

As meninas herdam a inteligência emocional das mães

As meninas herdam a inteligência emocional das mães

Talvez a gente pense que as emoções tenham a ver com o coração. Nada mais longe da realidade. As emoções se processam em uma região do cérebro: o chamado sistema límbico cortical. Soa esquisito, mas é muito importante. Muito importante. Agora, cientistas da prestigiada Universidade de Stanford acabam de encontrar muitas evidências de que essa parte é altamente hereditária entre mães e filhas.

0 comentarios