Os refrigerantes na alimentação das crianças

Os riscos dos refrigerantes na saúde das crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A maioria das crianças adora os refrigerantes tanto como os doces e balas. No entanto, está comprovado que se trata de bebidas pouco saudáveis que podem ocasionar problemas de saúde nos pequenos da casa. Se não pudermos eliminar por completo os refrigerantes da vida dos nossos filhos, a gente poderá limitar o seu consumo. 

O impacto dos refrigerantes na alimentação das crianças é enorme e, além disso, é negativo. Mas, sempre podemos fazer um exercício de responsabilidade e oferecer-lhes alternativas de bebidas refrescantes mais saudáveis e com o mesmo atrativo. A imaginação se impõe nessa cruzada necessária anti-refrigerantes que tanto prejudicam as crianças e adultos. 

Os riscos dos refrigerantes na saúde das crianças

os-refrigerantes-na-alimentação-das-crianças A 

O que são os refrigerantes? Trata-se de bebidas elaboradas a base de açucares que não contribuem com nenhum nutriente. Para que façamos uma idéia, num refrigerante de 600 ml se encontram doze colherinhas de açúcar, com a qual a criança terá ultrapassado muito mais do aporte de açúcar que necessita. 

A isso a gente ainda pode acrescentar que o refrigerante projeta uma imagem de união perfeita com a alimentação ruim, uma união ideal para aumentar a obesidade infantil. A imagem de uma criança sentada no sofá assistindo televisão enquanto come besteiras e toma um refrigerante é muito comum e isso deveria nos preocupar. 

Os refrigerantes não são em absoluto uma bebida inofensiva. Eles trazem certos riscos: 

- Obesidade

- Diabetes

- Problemas cardiovasculares

- Cáries

- Impedem a correta absorção dos nutrientes no organismo 

Alternativas saudáveis aos refrigerantes 

Como tão pouco podemos nos afastar por completo os nossos filhos da sociedade, não é conveniente proibir-lhe os refrigerantes. Mas, podemos limitar o seu consumo em festas de aniversário ou eventos especiais, por exemplo. Mas, se quisermos que os nossos filhos deixem de tomar refrigerante diariamente seria adequado oferecer-lhes alternativas atrativas.  

Por que não fazer nossos próprios ‘refrigerantes’ mais saudáveis? A clássica limonada ou laranjada elaborada com frutas naturais tem mil e uma opções de apresentação que farão da bebida mais atrativa e divertida. 

Além dos sucos naturais que não contenham açúcar e de batidas refrescantes de frutas, podemos elaborar bebidas deliciosas com chás, gela e uma rodela de laranja ou limão. Algo que ajudará a criança a nem se aproximar dos refrigerantes é o exemplo em casa. Uma criança que não é acostumada desde muito cedo em casa a não colocar açúcar nos sucos (cada fruta já tem o seu próprio sabor e açúcar) e a não ingerir refrigerantes porque os pais não o fazem, dificilmente serão tentadas a beber uma bebida que lhes fará muito mal. 

Laura Sanchez

Redatora de Guiainfantil.com