Como é o aluno com desempenho excepcional

As necessidades das crianças com capacidades extraordinárias

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Em algumas crianças se observam habilidades especiais ou capacidades extraordinárias na hora do aprendizado. São crianças que se destacam em aprender com mais facilidade e com frequência com mais autonomia e se trata de crianças com desempenho excepcional

Analisamos as características dessas crianças com desempenho acima da média e nos questionamos quais necessidades especiais elas têm nas escolas, como atendê-las de forma mais personalizada para não frear o seu ritmo de aprendizado e desenvolver ao máximo suas capacidades cognitivas.

6 características de alunos com desempenho excepcional

como-é-o-aluno-com-desempenho-excepcional A

1. Facilidade de aprendizagem. As crianças com capacidades extraordinárias são descobertas nos primeiros anos devido a um aprendizado precoce e geralmente sem ajuda. Sua capacidade de compreensão é maior do que o normal e logo são capazes de gerenciar seus próprios recursos para solucionar problemas.

2. Bom rendimento escolar. Esta facilidade de aprendizagem se traduz num excelente rendimento escolar nos primeiros anos de escola. No entanto, para que este rendimento não tenha prejuízos, as crianças com rendimento acima da média devem ser atendidas de forma especial para evitar que se chateiem em sala de aula.

3. Inteligência superior à média. Nas escolas é normal realizar nos alunos testes de inteligência para medir o seu quociente intelectual. Esses alunos têm um quociente intelectual superior à média e, por isso são consideradas mais inteligentes.

4. Grande criatividade. Os alunos com desempenho excepcional se destacam por suas habilidades linguísticas, na matemática e artes. Com um amplo vocabulário e grande facilidade, mas também com certa independência de pensamento, originalidade e imaginação. Também podem ter algum talento em algum campo específico como a música, o esporte ou a arte. 

5. Maior grau de compromisso. Nesses alunos se observa um caráter perfeccionista e uma grande perseverança na hora de realizar as tarefas escolares, o que se traduz em um grau de compromisso com as atividades escolares e um senso de responsabilidade maior do que nas outras crianças. 

6. Motivação pelo aprendizado. As crianças com grandes capacidades são crianças com curiosidade por conhecimentos novos e com frequência fazem perguntas inesperadas sobre qualquer tema e possuem uma grande capacidade de memória.

6 necessidades dos alunos com capacidades extraordinárias

1. Acesso a recursos adicionais. Uma das principais necessidades desses alunos com desempenho extraordinário é o acesso a recursos adicionais. Mostram uma atitude autodidata, mas necessitam dos meios adequados para ampliar conhecimentos por eles mesmos. 

2. Estímulos para a criatividade. Na escola devem levar em conta as necessidades especiais dessas crianças e os professores devem estar preparados para estimular sua criatividade e não frear o seu desenvolvimento cognitivo, o que implica num desafio educativo tanto para os professore como para as crianças. 

3. Trabalhos extras. São recomendáveis as atividades para que essas crianças realizem trabalhos fora do horário escolar. Pesquisar, analisar e tirar suas próprias conclusões nas matérias que mais lhes atraiam ajudará com que essas crianças continuem desenvolvendo suas capacidades. 

4. Modificar os conteúdos. Em algumas escolas se oferece a possibilidade de modificar os conteúdos do curso para essas crianças com desempenho extraordinário. Ampliar os conteúdos implica num estímulo e quase uma necessidade para não frear o seu ritmo de aprendizagem, mas também pode promover a exclusão por parte dos seus companheiros.

5. Atenção individualizada. É inegável que os alunos com desempenho excepcional requeiram uma atenção personalizada para conhecer suas habilidades e desenvolver os seus talentos, mas isso é algo que nem todas as escolas conseguem permitir isso por falta de meios econômicos e de pessoa docente preparado.

6. Autoestima. Não podemos nos esquecer de algo tão importante como o cuidado da autoestima dessas crianças com desempenho excepcional que se mostram diferentes. Gerenciar suas características especiais de forma que não lhes façam se sentir excluídas, mas tão pouco superiores é tarefa para toda a família e do corpo docente igualmente. 

Laura Vélez

Redatora de Guiainfantil.com