Os bebês não ficam mal acostumados ao colo

Vilma Medina

Vilma Medina

'Não carregue sempre o seu filho nos braços porque ele ficará mal acostumado!’ Quantas vezes você já escutou esta frase? Pois bem, eles não ficam mal acostumados. E mais: os bebês necessitam estar nos nossos braços. 

A gente te conta o porquê de psicólogos recomendarem carregar ao bebê todo o tempo possível nos braços. 

Por que o bebê necessita estar nos braços

os-bebês-não-ficam-mal-acostumados-braços A 

Os bebês choram. Isso a gente já sabe. Choram porque têm fome, porque querem que troquem suas fraldas, porque têm sede... Ou porque necessitam estar no colo da sua mãe ou do seu pai. E o instinto natural é carregá-lo nos braços. No entanto, durante muito tempo muita gente nos dizia que isso era um erro, que os bebês vão ficar mal acostumados nos braços e vão chorar com a intenção que lhes abracemos. 

Esqueça-se de tudo isso. A nova corrente não apenas confirma que isso é mentira, mas que vão mais além: os bebês não ficam mal acostumados ao colo, mas eles necessitam. A razão científica? 

Quando nascem, os recém-nascidos passam por um processo de exterogestação. Eles necessitam se acostumar ao seu novo meio pouco a pouco. Durante nove meses estiveram em um lugar cômodo, quentinho e muito pequeno. De repente (de forma traumática) passam a um lugar frio, imenso... Sente frio, fome, sono, dor... O que necessitam nesse momento? Segundo a teoria da psicóloga Laura Gutman, sentir-se abrigados pelos braços de quem confiam. Assim, que o melhor é tentar oferecer-lhes um ambiente o mais similar ao seu. Até quando? Até que comecem a se locomover por seus próprios meios (por volta dos 9 meses de idade ou quando comecem a engatinhar ou a andar). 

O que acontece se você deixar o seu bebê chorar 

Se você deixar o seu bebê chorar cada vez que ele pede colo você estará contribuindo com tudo isso (segundo os últimos estudos psicológicos): 

- Ansiedade: O bebê estará nervoso e excitado. Isso desencadeia um bebê estressado e ansioso. 

- Desconfiança: Se não recebe atenção quando demanda o bebê perderá confiança nos seus pais. Isso o tornará muito mais desconfiado com o seu meio quando adulto. 

- Falta de autoestima: A segurança e recompensas de um abraço se traduzem diretamente em mais autoestima. O bebê, diante da ausência de abraços se sente inseguro. Isso desencadeia em falta de confiança em si mesmo. 

- Individualismo: A falta de confiança nos outros lhe fará menos cooperador e mais individualista. Ele preferirá ficar sozinho. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

Por que não se deve deixar o bebê chorar

Por que não se deve deixar o bebê chorar

Durante muito tempo se pensou que o melhor para que o bebê aprenda a lição é deixar que chore, não atendê-lo no momento da ‘birra’. Um recente estudo nos alerta sobre essa prática: deixar chorar a um bebê entre 0 e 3 anos pode ser muito prejudicial para ele.

É recomendável deixar o bebê chorar?

É recomendável deixar o bebê chorar?

Devo deixar o bebê chorar? A resposta é clara: NÃO. Existem distintas teorias sobre este tema, algumas delas vêm de profissionais de prestígio, outras de familiares próximos, e quando os pais chegam a casa, não sabem muito que fazer.

Os medos da futura mamãe na gravidez

Os medos da futura mamãe na gravidez

A gente passa meses desejando engravidar... E um dia acontece e finalmente estamos grávidas! Muitas de nós levarão muito tempo para que isso aconteça, já outras serão pegas de surpresa, outras passarão por problemas físicos, emocionais e mentais para consegui-lo e outras, no entanto levarão tempo para assimilar a notícia.

7 características da criança insegura

7 características da criança insegura

Ao longo da infância, as crianças enfrentam situações ou desafios que vão conseguir com que sua personalidade saia reforçada ou que pelo contrário seja mais insegura. Conheça as características de uma criança insegura e o que fazer para ajudá-la.

A baixa autoestima das crianças

A baixa autoestima das crianças

A construção de uma autoestima positiva deve ser sólida em todos os momentos da vida de uma criança. Somente assim ela não se sentirá inferior de acordo com um corte de cabelo que goste, mas não agrade aos demais. Como saber se o seu filho tem baixa ou alta autoestima?

0 comentarios