Os bebês não ficam mal acostumados ao colo

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

'Não carregue sempre o seu filho nos braços porque ele ficará mal acostumado!’ Quantas vezes você já escutou esta frase? Pois bem, eles não ficam mal acostumados. E mais: os bebês necessitam estar nos nossos braços. 

A gente te conta o porquê de psicólogos recomendarem carregar ao bebê todo o tempo possível nos braços. 

Por que o bebê necessita estar nos braços

os-bebês-não-ficam-mal-acostumados-braços A 

Os bebês choram. Isso a gente já sabe. Choram porque têm fome, porque querem que troquem suas fraldas, porque têm sede... Ou porque necessitam estar no colo da sua mãe ou do seu pai. E o instinto natural é carregá-lo nos braços. No entanto, durante muito tempo muita gente nos dizia que isso era um erro, que os bebês vão ficar mal acostumados nos braços e vão chorar com a intenção que lhes abracemos. 

Esqueça-se de tudo isso. A nova corrente não apenas confirma que isso é mentira, mas que vão mais além: os bebês não ficam mal acostumados ao colo, mas eles necessitam. A razão científica? 

Quando nascem, os recém-nascidos passam por um processo de exterogestação. Eles necessitam se acostumar ao seu novo meio pouco a pouco. Durante nove meses estiveram em um lugar cômodo, quentinho e muito pequeno. De repente (de forma traumática) passam a um lugar frio, imenso... Sente frio, fome, sono, dor... O que necessitam nesse momento? Segundo a teoria da psicóloga Laura Gutman, sentir-se abrigados pelos braços de quem confiam. Assim, que o melhor é tentar oferecer-lhes um ambiente o mais similar ao seu. Até quando? Até que comecem a se locomover por seus próprios meios (por volta dos 9 meses de idade ou quando comecem a engatinhar ou a andar). 

O que acontece se você deixar o seu bebê chorar 

Se você deixar o seu bebê chorar cada vez que ele pede colo você estará contribuindo com tudo isso (segundo os últimos estudos psicológicos): 

- Ansiedade: O bebê estará nervoso e excitado. Isso desencadeia um bebê estressado e ansioso. 

- Desconfiança: Se não recebe atenção quando demanda o bebê perderá confiança nos seus pais. Isso o tornará muito mais desconfiado com o seu meio quando adulto. 

- Falta de autoestima: A segurança e recompensas de um abraço se traduzem diretamente em mais autoestima. O bebê, diante da ausência de abraços se sente inseguro. Isso desencadeia em falta de confiança em si mesmo. 

- Individualismo: A falta de confiança nos outros lhe fará menos cooperador e mais individualista. Ele preferirá ficar sozinho. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com