Salsichas e Hambúrgueres processados são declarados cancerígenos

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Hambúrgueres, salsichas, presunto, bacon. Todos eles passam pela lista negra dos alimentos cancerígenos. A OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou que esses produtos são cancerígenos para humanos, ou seja, que aumentam o risco de sofrer de câncer

Todos estes alimentos fazem parte do grupo de carnes processadas, e muitos deles são incluídos no cardápio semanal de muitas crianças. Mas, será que é verdade ser tão perigoso comer esse tipo de carne todas as semanas? 

O perigo de câncer está nas carnes processadas

salsichas-e-hambúrgueres-processados-cancerígeno A 

O problema não está na carne em si, mas no processo que se segue para conseguir as salsichas, os hambúrgueres, os bacons. Por carne processada se entende todos os produtos elaborados a base de carne, gordura ou vísceras (seja ave, porco, boi ou mistura de todas elas), adicionadas com aditivos e conservantes. 

Neste seleto grupo de alimentos de carnes processadas que aumentam o risco de câncer se encontram alguns dos favoritos das crianças: salsichas, hambúrgueres e presunto. 

Um grupo de 22 cientistas de dez países diferentes (que fazem parte da Agência para a Pesquisa do Câncer da ONU) chegou a esta conclusão: comer de forma frequente este tipo de alimento é tão perigoso como fumar ou respirar ar contaminado. Assim que, a partir de agora, já são incluídos na lista de produtos cancerígenos, juntamente com o plutônio, a fumaça do cigarro e a contaminação.

Que tipo de câncer provoca o consumo de carnes processadas 

Salsichas, hambúrgueres e bacon processado podem estar por trás do aumento dos casos de câncer colorretal em todo o mundo. De fato, o estudo desses cientistas encontrou uma relação direta entre o consumo dessas carnes e o câncer colorretal nos casos analisados. Mais de 800 estudos foram feitos para chegarem a essa conclusão.  

No entanto, tudo depende da quantidade de carne processadas que se consome. Se forem comidas de forma esporádica não existem riscos. Os cientistas que elaboraram este estudo determinam que a cada 50 g de carne processada que se consome aumenta em 18% o risco de sofrer de câncer. Sobre as carnes vermelhas, até o momento não se pronunciaram. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com