Como o excesso de televisão afeta as crianças

O que acontece com as crianças que assistem muito à televisão

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

No mundo em que vivemos hoje se torna indispensável a tecnologia no nosso dia a dia. Televisão, computadores, tablets, smartphones, etc. São acessíveis às crianças desde que são muito pequenas e isso influencia no seu aprendizado. 

Mas, o uso desses aparelhos... É ruim para a saúde e o aprendizado dos nossos pequenos? Ou, pelo contrário, contribui para o seu desenvolvimento intelectual e social? 

Os efeitos da televisão nas crianças

como-o-excesso-de-televisão-afeta-as-crianças A 

A televisão não é em si mesma ruim, mas o seu efeito sobre o desenvolvimento depende de vários fatores como:

1. O tipo de conteúdos que a criança vê. A maneira como os programas que ela assiste pode afetá-la está estreitamente relacionada com sua capacidade para compreender o que está acontecendo na telinha. Isso ela vai desenvolvendo de maneira progressiva durante sua infância e vai melhorando com a experiência.

Por isso, é importante que se regule este tipo de conteúdos. Muitos poucos pais o fazem devido muitas vezes pela ignorância e outras pela falta de tempo. Nem todos os conteúdos são adequados para as crianças. 

2. Tempo que passa em frente ao televisor. A média de horas que uma criança passa em frente a uma televisão na Espanha, por exemplo, é de 2 horas e 44 minutos por dia. Essa quantidade de tempo é um número que não para de crescer. Vivemos numa época onde a televisão se converteu muitas vezes no ‘canguru’ das crianças, quando os pais não podem dar atenção aos seus filhos. 

Passar muito tempo em frente à TV pode produzir alterações no sono. Também pode haver uma diminuição no rendimento escolar, isolamento, comportamentos violentos, entre outros efeitos. 

3. Quando não existe nenhum controle sobre o seu uso dentro da família a comunicação é rompida. Além dos problemas emocionais que podem acarretar o consumo excessivo de televisão, por ser uma atividade sedentária, pode trazer problemas como o sobrepeso e a obesidade infantil

Ver TV também pode ser positivo para a criança

Muitas vezes identificamos as crianças como telespectadores passivos e indefesos. Mas, longe dessa crença que os adultos tenham, as crianças têm um papel muito ativo na elaboração que fazem dos conteúdos que percebem através da televisão. Os pais devem estar conscientes disso e aproveitar as vantagens que este meio nos oferece para ajudar as crianças a desenvolverem atitudes críticas e limitar ao máximo os efeitos negativos. 

A TV ajuda as crianças a desenvolverem certas habilidades. Os programas com conteúdos educativos têm muito valor e já está comprovado que são benéficos para os pequenos da casa. Para assegurar experiências positivas com a TV, os pais podem: 

- Assistir a televisão com os seus filhos

- Impor limites à quantidade de tempo que as crianças passam diante da televisão. 

- Ajudar a escolher programas adequados ao nível de desenvolvimento da criança.

- Desligar a televisão diante de programas não apropriados. 

- Estimular discussões com seus filhos sobre o que estão assistindo enquanto assistem programas juntos.

- Estabelecer períodos com a televisão desligada, como horários de refeição e períodos de estudo. 

Borja Quicios Abergel

Psicólogo educativo e coaching educativo