8 coisas que as crianças não devem fazer depois de comer

Costumes que devem ser evitados por crianças depois das refeições

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O ato de comer satisfaz uma das necessidades básicas de todo ser humano. Quando a criança se alimenta, começa o processo de transformação pelo qual os alimentos que ingerimos se transformam em substâncias mais simples para serem absorvidos pelo corpo e obter assim os nutrientes necessários. 

Enquanto o corpo está realizando esses processos, existem certos hábitos que a criança deve evitar, já que dificultam todo o processo e inclusive pode provocar indigestão, dor estomacal ou refluxo esofágico. A gente conta para você que coisas a criança não deve fazer após as refeições. 

Coisas que as crianças não devem fazer após as refeições

8-coisas-que-as-crianças-não-devem-fazer-comer A 

1. Tirar uma sesta: é preferível esperar meia hora, sobretudo se a criança tenha comido em abundância, já que do contrário, ao estar deitada, o processo de digestão é dificultado e pode ter incômodos estomacais. 

2. Caminhar: Ainda que sempre se tenha dito que caminhar ajuda a fazer a digestão é preferível não fazê-lo nos primeiros 30 minutos após a refeição, já que pode interferir no processo de absorção de nutrientes. 

3. Correr, pular ou dançar: da mesma maneira que ao andar, é preferível evitar o movimento, sobretudo se requer doses de energia, durante a primeira meia hora após a refeição. Poderia provocar refluxo esofágico, acidez e dor no estômago. 

4. Usar roupa apertada: pode provocar refluxo gástrico ou inclusive acidez. Convém que as crianças usem roupas leves e soltas e que não apertem o estômago. 

5. Comer frutas: ainda que em muitos casos utilizemos a fruta como sobremesa, o certo é que algumas contam com enzimas que podem atacar o estômago e produzir inflamação e dor estomacal. É preferível comer frutas na merenda ou no desjejum. 

6. Tomar banho: tomar uma ducha quente faz com que diminua a quantidade de sangue que flui no estômago. Isso faz que a digestão fique mais lenta. 

7. Tomar infusões: existem muitas infusões para crianças, mas não convém dar a elas após as refeições, já que os compostos que contêm podem interferir na assimilação de nutrientes e dificultar a digestão. 

8. Tomar refrigerantes ou bebidas muito geladas: não ajudam no processo de absorção dos nutrientes. É preferível beber água à temperatura ambiente e nunca em excesso. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com