8 coisas que as crianças não devem fazer depois de comer

Costumes que devem ser evitados por crianças depois das refeições

Vilma Medina

Vilma Medina

O ato de comer satisfaz uma das necessidades básicas de todo ser humano. Quando a criança se alimenta, começa o processo de transformação pelo qual os alimentos que ingerimos se transformam em substâncias mais simples para serem absorvidos pelo corpo e obter assim os nutrientes necessários. 

Enquanto o corpo está realizando esses processos, existem certos hábitos que a criança deve evitar, já que dificultam todo o processo e inclusive pode provocar indigestão, dor estomacal ou refluxo esofágico. A gente conta para você que coisas a criança não deve fazer após as refeições. 

Coisas que as crianças não devem fazer após as refeições

8-coisas-que-as-crianças-não-devem-fazer-comer A 

1. Tirar uma sesta: é preferível esperar meia hora, sobretudo se a criança tenha comido em abundância, já que do contrário, ao estar deitada, o processo de digestão é dificultado e pode ter incômodos estomacais. 

2. Caminhar: Ainda que sempre se tenha dito que caminhar ajuda a fazer a digestão é preferível não fazê-lo nos primeiros 30 minutos após a refeição, já que pode interferir no processo de absorção de nutrientes. 

3. Correr, pular ou dançar: da mesma maneira que ao andar, é preferível evitar o movimento, sobretudo se requer doses de energia, durante a primeira meia hora após a refeição. Poderia provocar refluxo esofágico, acidez e dor no estômago. 

4. Usar roupa apertada: pode provocar refluxo gástrico ou inclusive acidez. Convém que as crianças usem roupas leves e soltas e que não apertem o estômago. 

5. Comer frutas: ainda que em muitos casos utilizemos a fruta como sobremesa, o certo é que algumas contam com enzimas que podem atacar o estômago e produzir inflamação e dor estomacal. É preferível comer frutas na merenda ou no desjejum. 

6. Tomar banho: tomar uma ducha quente faz com que diminua a quantidade de sangue que flui no estômago. Isso faz que a digestão fique mais lenta. 

7. Tomar infusões: existem muitas infusões para crianças, mas não convém dar a elas após as refeições, já que os compostos que contêm podem interferir na assimilação de nutrientes e dificultar a digestão. 

8. Tomar refrigerantes ou bebidas muito geladas: não ajudam no processo de absorção dos nutrientes. É preferível beber água à temperatura ambiente e nunca em excesso. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com

Crianças muito magras, o que fazer?

Crianças muito magras, o que fazer?

Ser uma criança magra não necessariamente tem que estar relacionado em ser uma criança doente ou com carência alimentar. Cada criança tem uma genética diferente, e enquanto existem pessoas com tendência a engordar, também existem outras com um índice de massa corporal baixo e, no entanto, estejam bem alimentadas e saudáveis.

As frutas. Quais os benefícios para as crianças

As frutas. Quais os benefícios para as crianças

Os morangos, a melancia, a banana, a pêra ou a maçã. Todas são frutas é claro, mas cada uma delas contribui com algo diferente aos nossos filhos. Você sabe, por exemplo, qual é a fruta com mais vitamina C? E a mais hidratante? A gente revela os segredos das frutas, desde as favoritas dos pequenos como a banana e o abacaxi até as mais desconhecidas inclusive para os pais, como o kakadu.

Conselhos dietéticos para crianças com baixa imunidade

Conselhos dietéticos para crianças com baixa imunidade

É frequente que durante uma doença longa ou um tratamento contínuo, as defesas do organismo baixem. Mesmo assim existem épocas do ano ou da vida em que estamos mais vulneráveis aos vírus e doenças, por isso é interessante conhecer que uma boa alimentação é uma grande aliada no aporte de energia, e em potencializar e renovar o nosso organismo.

O medo das crianças em provar novos alimentos

O medo das crianças em provar novos alimentos

A neofobia é um medo inconsciente e terrível a tudo o que é novo, um temor aparentemente sem lógica e injustificado que tem uma base ancestral adaptativa e protetora. Sua forma mais comum em se manifestar se apresenta na alimentação quando as crianças pequenas se negam a comer qualquer tipo de alimento que não tenham provado ou visto antes.

Alimentos que curam as crianças: doenças do estômago

Alimentos que curam as crianças: doenças do estômago

Em br.guiainfantil.com a gente conta para você que alimentos são os mais recomendáveis no caso em que a criança sofra de gastrenterite ou prisão de ventre.

Crianças glutonas e ansiosas com a comida

Crianças glutonas e ansiosas com a comida

As crianças glutonas e ansiosas com a comida são crianças que comem muito. Em consequência, normalmente os pais estão continuamente dizendo para que não comam tanto, que vão engordar... Essa atitude dos pais pode criar na criança muita ansiedade Quanto mais ansiosa estiver a criança, mais vai querer comer e isso é um círculo vicioso.

0 comentarios