As águas vivas e as queimaduras em crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quando chega o verão e as férias todos nós desejamos tomar banho no mar. No entanto, as águas vivas ou medusas, esses animaizinhos marinhos, lindos e transparentes podem nos prejudicar num dia de praia, sobretudo as crianças, já que uma queimadura em uma pessoa de pouco peso como as crianças, as reações são mais fortes.

Por que as águas vivas queimam

as-águas-vivas-queimaduras-crianças A

As águas vivas têm tentáculos recobertos de células na sua superfície que são urticantes ou irritantes, e que quando entram em contato com a pele nos injetam o seu veneno, pois pensam que somos um inimigo ou uma possível presa. As queimaduras provocadas pelas medusas produzem dor, inchaço e coceira intensa na área atingida. De acordo com a medusa ou se a gente foi queimada várias vezes, o veneno também pode alterar o nosso estado de saúde como enjôos, tonturas, náuseas, vômitos, dores de cabeça, febre e inclusive hemorragias.

O que fazer se uma medusa queima o seu filho

Essas queimaduras são muito comuns nas praias. A primeira coisa que devemos fazer é lavar a queimadura com soro fisiológico ou água salgada. Nunca com água doce porque isso multiplica a dor e a irritação. Também convém aplicar frio sobre a ferida durante uns 15 minutos para aliviar a dor e acalmar a inflamação, mas nunca aplique gelo diretamente porque, com certeza terá o mesmo efeito da água doce e poderia agravar os sintomas. Se for colocar gelo na queimadura, faça-o dentro de um saco plástico.

Além disso, não se deve esfregar a queimadura com areia, nem com a toalha. Se tiver ficado restos da água viva sobre a pele, não tente nunca tirá-los com as mãos. Evite o contato com os dedos. Utilize a pressão da água salgada para retirá-los ou com umas pinças se estiverem ao alcance. E é muito importante lembrar que se você tocar nos restos da água viva, estes poderão injetar mais veneno. Além disso, evite lavar a ferida com álcool nem colocar em prática uma crença popular de utilizar urina sobre a queimadura. Não está comprovado cientificamente que isso realmente funcione. 

Se uma medusa tiver queimado o seu filho, busque rapidamente um serviço médico para ser mais bem atendido, já que o veneno pode afetar com mais intensidade crianças com pouco peso. Algumas pessoas podem sofrer reações anafiláticas em consequência das queimaduras, ou ter consequências mais graves. Sendo assim, tente observar a pessoa em questão para ver se não tem alterações no seu ritmo respiratório, nem cardíaco e que se encontra bem.

À menor alteração, leve-a a um centro de saúde para que administrem à criança um anti-histamínico ou corticóide. Infelizmente, não existe uma maneira de eliminar a dor e a coceira iniciais, mas com estes conselhos já podem aliviá-los o bastante. E lembre-se: quando for a alguma praia, e já sabem que podem existir águas vivas, leve sempre consigo soro fisiológico, gelo e umas pinças.

Marisol Nuevo

Redatora de Guiainfantil.com