Como proteger as crianças das tempestades elétricas

Vilma Medina

Vilma Medina

O barulho ensurdecedor de um trovão, o resplendor de um relâmpago iluminando um dormitório todo. Esse raio que cai e se divide no céu como se fosse uma raiz profunda de uma árvore. As tempestades elétricas são fascinantes para algumas crianças e aterrorizantes para muitas outras. De fato, o mais normal é que as crianças pequenas tenham muito medo. E, em parte, elas têm razão. Pode ser que se trate de um espetáculo maravilhoso, mas não está isento de riscos.

Por que as tormentas elétricas são perigosas para as crianças

como-proteger-crianças-tempestades-elétricas A 

Calcula-se que a cada dia sejam produzidas cerca de 44.000 tempestades que geram oito milhões de raios em todo o mundo. E os raios, ainda que nos pareçam lindos, são uma autêntica ameaça.

Muitas crianças sentem um medo horrível, já outras crianças contemplam a tempestade elétrica como se fosse um maravilhoso espetáculo. No entanto, em determinados lugares, os raios podem se converter em um risco potencial. Longe das cidades não existem pára-raios, e é bom saber que as árvores e o mar são um dos focos que mais atraem os raios. Além disso, os raios podem alcançar um raio de 20 km do lugar de onde está se produzindo a tormenta. Pode ser que você esteja contemplando do litoral o espetáculo, pensando que a tormenta está muito longe de te alcançar, mas pode estar redondamente enganado.

Conselhos para desfrutar da tormenta sem riscos para as crianças

As possibilidades de que um raio te alcance são muito maiores nas áreas rurais e abertas do que nas grandes cidades. Mas, em todos os casos, você deve cumprir uma série de normas de precaução para proteger seus filhos. Seguem alguns conselhos: 

- Se você quiser escalar uma montanha com seus filhos, faça-o na primeira hora da manhã. A maioria das tormentas é desencadeada a partir das 16h. Não suba à montanha no meio de uma tormenta.

- Se você notar um arrepio na pele ou o pelo fica eriçado, é que a tormenta está perto e o ar está carregado de eletricidade. Se você estiver em uma montanha, tente descer, mas não corra. Ao correr, provoca uma turbulência no ar que pode atrair o raio.

- Nunca se proteja da tormenta debaixo de árvores muito altas. Se puder faça-o debaixo de um grupo de várias árvores pequenas.

- Não se refugie em casas isoladas no meio do campo ou em barracas de acampar

- A forma mais segura de se proteger é de cócoras.

- Não deixe que o seu filho debruce nas janelas.

- Afastar-se da chaminé e não fazer fogo durante a tormenta.

- Postergar o banho das crianças se a tormenta tiver começado.

- Não utilize aparelhos elétricos na casa enquanto a tormenta durar, e muito menos se você estiver em espaços abertos ao ar livre. Se você estiver no campo ou na praia, desconecte o telefone celular e se livre de todo material metálico que estiver usando. 

- Se você estiver na praia, não caia no erro de ficar embaixo de um guarda-sol. Já existem casos recentes de mortes por causa dessa atitude. 

- Não fique na praia diante da chegada de uma tormenta.

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

Uma casa segura para os bebês e as crianças

Uma casa segura para os bebês e as crianças

A segurança das crianças começa dentro do lar. A ocorrência de acidentes domésticos é um ponto a se atentar. O interior dos lares é onde se registra o maior número de lesões, principalmente nos períodos de férias ou feriados. Como ter uma casa segura para bebês e crianças.

As crianças e o cuidado com os fogos de artifício

As crianças e o cuidado com os fogos de artifício

Os fogos de artifício sempre causam acidentes graves em crianças. O mês de junho, principalmente nas cidades do Norte e Nordeste do Brasil, os feriados de São João e São Pedro são as festas maiores dessas regiões, e as de maior duração. Como

Como ensinar as crianças o que é o perigo

Como ensinar as crianças o que é o perigo

A partir do seu primeiro aniversário, os bebês começam a dar seus primeiros passos e começa para as mães um caminho de observação contínua para salvar nossos pequenos ‘kamikazes’ de muitas quedas e acidentes absurdos.

Crianças seguras na piscina

Crianças seguras na piscina

Os acidentes em piscinas podem acontecer em qualquer época do ano, mas é no verão, que os pais devem dar mais ênfase na segurança dos pequenos para evitar algum acidente. As mortes por afogamento entre crianças menores de 14 anos aumentam quase 90%.

Como prevenir intoxicações com produtos de limpeza

Como prevenir intoxicações com produtos de limpeza

Se não quisermos que uma criança chegue a provar o conteúdo de uma garrafa de água sanitária, detergente ou qualquer tipo de produto de limpeza, o que temos que evitar é que a criança se aproxime dele. A curiosidade da criança não tem fim.

0 comentarios